SPORTING CP NÃO DEVE TER PENA DE LEÃO
Bruno Mascarenhas e Nuno Sousa colocam de parte hipótese do Clube tentar chegar a acordo com o jogador. Comentadores do Leonino revelam o que foi dito na AG da SAD sobre o caso. Exclusivo Leonino
Duarte Pereira da Silva
Texto
21 de Outubro 2020, 11:07
summary_large_image

Bruno Mascarenhas e Nuno Sousa, em exclusivo ao Leonino, não têm dúvidas de que o Sporting CP não deve ter pena de Rafael Leão. Os comentadores do Leonino revelam ainda o que foi dito na AG da SAD sobre o caso.

“Peca por tardia esta decisão”

“Peca por tardia esta decisão. Há mais tempo que o Sporting CP devia ter feito pressão para executar o jogador. Não percebo porque é que o Clube demorou tanto tempo para o fazer. A partir do momento em que saiu a decisão do TAD, o Sporting CP tem mecanismos para executar o jogador”, afirmou Bruno Mascarenhas.

“O Conselho Diretivo deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para que o Sporting CP seja ressarcido quanto à rescisão do Rafael Leão. O Clube deve ir até às últimas instâncias, nacionais e internacionais, para responsabilizar quem de direito. Tudo o que for feito na defesa dos superiores interesses do Sporting CP, só pode ter a minha palavra de apreço. Espero que seja sempre assim”, atirou Nuno Sousa, acrescentando que “tendo em conta a decisão do TAD, acho que não há qualquer possibilidade de haver qualquer acordo”.

“Serve de aviso para próximos que tentem fazer a mesma gracinha”

Sobre este aspeto, Bruno Mascarenhas revelou que, na última Assembleia Geral da SAD, ficou com a sensação de que “em paralelo, o que pode estar a acontecer é que o Sporting CP esteja, junto da FIFA, a exercer pressão para que o Lille seja responsabilizado por esta situação” e considerou ainda que “tal como o Dr. Francisco Salgado Zenha disse na AG da SAD, não me parece que seja assim tão complicado executar o jogador. O Sporting CP sabe que o jogador exerce a sua atividade no espaço europeu, no AC Milan. Resta saber o porquê deste atraso”.

Nuno Sousa vai mais longe e afirma que este caso “serve de aviso para próximos que tentem fazer a mesma gracinha. Não se pode brincar com o Sporting CP. Não há dinheiro que nos compre o respeito e a honra”. O candidato à Presidência dos leões diz também que não se pode abrir a porta “a esquemas obscuros (rescisões e aliciamentos) que me parecem muito complicados de resolver do ponto vista desportivo”.

“Equiparo Rafael Leão a um João Félix”

Relativamente ao valor (16,5 milhões de euros) decretado, em março, pelo TAD, o antigo dirigente leonino defende que o mesmo “não é justo” porque “tal como o Joelson Fernandes”, Rafael Leão é “considerado um dos melhores talentos europeus da sua geração”. Bruno Mascarenhas vai mais longe e compara Leão a João Félix: “Entre um e outro, prefiro o Rafael Leão. Basta olhar para o trajeto de ambos. O Leão já triunfou em França e acabou por ir para o AC Milan. Sendo muito novo, marca habitualmente no campeonato italiano. É um jogador superlativo”.

  Comentários