SPORTING PODE SER OBRIGADO A DEVOLVER OS 20 MILHÕES QUE RECEBEU NO CASO RAFAEL LEÃO: FREDERICO VARANDAS NEM QUER ACREDITAR
Diferendo entre o Clube de Alvalade e o internacional português tem mais um capítulo agendado
Redação Leonino
Texto
7 de Fevereiro 2024, 07:09
Rafael Leão, Frederico Varandas, Sporting

O caso Rafael Leão tem mais um episódio marcado. De acordo com o jornal ‘Record’, o Tribunal Arbitral do Desporto, na Suíça, tem uma audiência marcada para o próximo dia 26 de março em que ouvirá o Sporting e também o Lille, clube pelo qual o internacional português assinou após rescindir contrato com os verdes e brancos, na sequência da invasão à Academia de Alcochete, em 2018.

“Nesta nova etapa, no referido dia 26 de março, o TAS vai ouvir os argumentos do Sporting contra o Lille e, também, os dos franceses contra os leões e a FIFA, uma vez que ambos os clubes apresentaram recursos”, escreve o diário desportivo, na edição desta quarta-feira, 7 de fevereiro.

Importa recordar que, até ao momento, o Sporting, liderado por Frederico Varandas, teve duas decisões favoráveis. Em 2020, o TAD condenou Rafael Leão a pagar 16,5 milhões ao Clube de Alvalade. Posteriormente, em 2023, a FIFA coadjuvou a decisão do TAD e considerou o Lille culpado no processo. Neste sentido, em junho, o clube francês, de livre iniciativa, pagou ao Sporting uma verba a rondar os 20 milhões, relativo aos 16,5 milhões mais juros. Apesar disso, os verdes e brancos continuam a exigir os 45 milhões de euros fruto da rescisão de Rafael Leão.

Esta temporada, Rafael Leãoavaliado em 90 milhões de euros – conta com 27 encontros (2.049 minutos), nos quais apontou seis golos e fez seis assistências. Todavia, o antigo jogador do Sporting tem sido alvo de críticas por parte de algumas figuras icónicas do Milan.

Ao serviço do Clube de Alvalade, antes de rescindir contrato, após a invasão à Academia de Alcochete, Rafael Leão realizou apenas cinco jogos, marcando dois golos. O internacional português estreou-se com a Listada verde e branca diante do Oleiros, tendo feito o gosto ao pé.

  Comentários