SPORTING CP VENCE QUINTA DOS LOMBOS
Golos leoninos foram marcados por Cardinal (2), Zicky e Pauleta
João Estanislau
Texto
12 de Setembro 2020, 22:40
summary_large_image

A equipa de futsal do Sporting CP venceu este sábado, 12 de setembro, o CRC Quinta dos Lombos por 4-2. Em mais um jogo de preparação dos leões, Cardinal (2), Zicky e Pauleta foram os autores dos golos verdes e brancos.
Os escolhidos de Nuno Dias para serem utilizados neste jogo foram: Gonçalo Portugal (GR), Guitta (GR), Bernardo Paçó (GR), Mamadu Turé, Tomás Paçó, Zicky, Cardinal, Erick Mendonça, João Matos, Taynan, Rocha, Cavinato, Pany Varela e Pauleta.

A tática escolhida foi a que tem sido vindo a ser utilizada pelo treinador português, o 3-1. A primeira iniciativa surgiu logo no primeiro minuto, com um lance de perigo por Cavinato. Aliás, o italiano foi o maior rematador no início do jogo, tendo um registo impressionante de quatro remates, nos primeiros dois minutos.

Apenas aos dois minutos e meio, a equipa do CRC Quinta dos Lombos conseguiu ultrapassar o meio-campo. Como tal, o jogo perspetivava-se de domínio completo dos leões. Contudo, o primeiro golo tardava a aparecer e os jogadores do CRC Quinta dos Lombos tentaram criar algum perigo aos leões, sem grande efeito.

O Sporting CP estava a mandar claramente no jogo, mas faltavam os golos. Algo que surgiria apenas ao minuto 12. O golo foi de Zicky. O pivô dos leões fez o gosto ao pé, após um canto marcado por Merlim. Um lance estudado de bola parada, que pode ser uma das armas desta equipa para a nova época 2020/2021.

O empate surgiria dois minutos depois, após uma interceção de Gonçalo Sobral. O jogador do CRC Quinta dos Lombos a rematar com colocação e força para o empate.

Antes do fim da primeira parte, dois golos. O primeiro foi de Cardinal, que marcou um grande golo, para voltar a colocar o leão na frente do resultado. Num ângulo apertado, à esquerda, o atleta Leonino conseguiu encontrar espaço para colocar a bola no fundo das redes. O segundo teve a assinatura de Pauleta, que rematou praticamente do mesmo local de Cardinal, após os leões terem saído da zona de pressão e a desmarcarem Pauleta.

A primeira parte acabaria mesmo com o 3-2, após Gonçalo Portugal não ter conseguido defender o remate do atleta do CRC Quinta dos Lombos, nos segundos finais. O mesmo Gonçalo que se redimiu após um penalti defendido com a perna esquerda.

A segunda parte começou de forma diferente dos primeiros 20 minutos. Uma equipa d CRC Quinta dos Lombos mais agressiva e mais ofensiva, a chegar com maior perigo à baliza verde e branca, ainda que o Sporting CP tivesse maior caudal ofensivo.

Contudo, os leões não fizeram grandes lances de perigo e o jogo foi de maior controlo e contenção, igualmente de menor frescura física. Entendia-se que estavam com maior preocupação em executar jogadas e táticas ensaiadas, como é o caso de testar o 5 para 4, com Guitta subido, do que propriamente em aumentar o resultado.

Aos 14 minutos da segunda parte, Pany teve tudo para marcar, mas não conseguiu concretizar, após um grande passe de Taynan. Foi apenas quando faltavam três minutos para o final do jogo que Merlim conseguiu inventar espaço e depois assistiu Cardinal, que só teve de encostar para o quarto dos leões.

O jogo terminou, assim, com mais uma vitória na pré-época da equipa orientada por Nuno Dias, neste que foi o penúltimo jogo de preparação para a nova época.

 

Fotografia: Sporting CP

  Comentários