"VENS DOS MACACOS": ANTIGO JOGADOR DO SPORTING É ALVO DE INSULTOS RACISTAS EM CAMPO
Internacional que já jogou pelos verdes e brancos manteve o silêncio em episódio de discriminação, e quem interveio foi o treinador
Redação Leonino
Texto
31 de Março 2024, 11:32
Sporting, Adeptos Sporting, Benfica

Marcos Acuña foi alvo de insultos racistas na deslocação do Sevilha a Getafe no passado sábado, para jogo da liga espanhola (1-0). A partida teve mesmo de ser interrompida pelo árbitro, Iglesias Villanueva, aos 68′, devido aos gritos vindos das bancadas da equipa da casa. O antigo jogador do Sporting não se pronunciou acerca do sucedido, mas o técnico do clube pelo qual atua de momento, que foi também insultado, não deixou o episódio passar em branco.

“Tenho orgulho de cada poro e cada veia cigana que tenho. Algumas pessoas acham que, por estarem num estádio, podem dizer o que quiserem. Mas nós estamos a trabalhar e merecemos ser respeitados. Parece-me aberrante que se digam este tipo de coisas e alguns adeptos do Getafe também se manifestaram contra quem nos estava a insultar”, declarou Quique Flores, treinador do Sevilha do ex Sporting insultado, também ele alvo de ofensas relacionadas com as suas origens étnicas.

O técnico espanhol continuou: “Não podemos deixar que isto se transforme num circo e que certos jogadores saiam sacrificados. Se calhar tem de acontecer a alguém importante para que os poderes tomem alguma ação. Se cada um de nós fizer alguma coisa, podemos passar às próximas gerações que vir ao futebol, ao ténis, ao basquetebol é para ser um momento de diversão e não para insultar”.

Depois da interrupção em campo, as instalações sonoras do Coliseum, estádio do Getafe, soaram avisos relacionados com o sucedido nas bancadas. Dois minutos mais tarde, retomou-se a disputa, sem mais ocorrências até ao apito final. De acordo com o relatório de jogo, ouvia-se gritar “Acuña macaco” e “Acuña vens dos macacos”.

O defesa argentino que já atuou a serviço do Sporting manteve o silêncio perante o ocorrido, no entanto, nas suas redes sociais, já partilhou algumas fotografias do confronto do qual saiu ‘vitorioso’ com a legenda “Grande vitória! Vamos Sevilha!”.

Marcos Acuña, relembre-se, representou a Listada verde e branca desde o ano de 2017 até 2020, tendo participado em 135 jogos dos leões, com nove golos e 25 assistências. Venceu duas edições da Taça da Liga e uma Taça de Portugal.

  Comentários