ALÉM DE RÚBEN AMORIM, LIVERPOOL QUER 'ROUBAR' OUTRA PÉROLA DO SPORTING
Emblema da Premier League juntou titular dos leões à longa lista de compras para o próximo mercado de verão
Redação Leonino
Texto
17 de Abril 2024, 19:16
Rúben Amorim, Sporting, Famalicão, Vitória de Guimarães

Ousmane Diomande está a brilhar na equipa principal do Sporting e os pretendentes já começam a chegar. Segundo informa, esta quarta-feira, o portal britânico FootballTransfers, o Liverpool juntou-se à corrida pelo atleta verde e branco, que também está já na mira do Chelsea.

De acordo com informações avançadas pela mesma fonte, os responsáveis dos reds, que querem levar Rúben Amorim para o lugar de Jurgen Klopp, no próximo mercado de verão, estarão particularmente atentos ao ‘camisola 26’ da formação leonina.

Assim sendo, o craque do Clube da Alvalade junta-se à longa lista de compras do emblema da Premier League, que tem já Gonçalo Inácio, Morten Hjulmand, Marcus Edwards e Viktor Gyokeres, atuais peças-chave da turma de Rúben Amorim, também referenciados.

Importa recordar que, Frederico Varandas, Presidente do Sporting, já estipulou um preço para a possível saída de Diomande, sendo que os leões não equacionam vender a pérola de Amorim por menos do que o valor da cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros.

Esta temporada, Ousmane Diomande – avaliado em 40 milhões de euros – tem sido peça muito importante para Rúben Amorim no Sporting, levando 34 encontros (2.700 minutos) realizados, nos quais apontou três golos (Moreirense, Sturm Graz e Gil Vicente) e fez uma assistência (Braga).

Diomande chegou ao Sporting em janeiro de 2023, oriundo do Midtjylland (estava emprestado ao Mafra), a troco de 7,5 milhões de euros por 50% dos direitos económicos, mais 5 por objetivos. Ao todo, o defesa-central conta com 50 encontros de verde e branco, quatro finalizações certeiras e um passe para golo, estando a encantar tudo e todos em Alvalade. O costa-marfinense tem, tal como já foi anteriormente mencionado, uma cláusula de rescisão de 80 milhões de euros.

  Comentários