COM ADN SPORTING! JOGADOR CEDIDO DOS LEÕES AJUDA NA VITÓRIA E SOBE NA TABELA DO CAMPEONATO
Futebolista emprestado pela Listada verde e branca foi titular da partida e jogou os 90' minutos
Redação Leonino
Texto
17 de Fevereiro 2024, 20:14
Sporting Vizela Hector Bellerin Nuno Santos Marcus Edwards Dário Essugo Gonçalo Inácio Franco Israel Morita Arthur Gomes

O Desportivo de Chaves deixou para trás a última posição na Primeira Liga portuguesa de futebol ao vencer, mesmo reduzido a 10 jogadores, na receção ao Boavista, por 2-1, num jogo da 22.ª jornada do campeonato. Dário Essugo foi titular na turma nortenha e jogou os 90′ minutos.

Raphael Guzzo marcou o primeiro golo para os locais aos sete minutos, Bruno Lourenço empatou para o Boavista aos 23, de grande penalidade, e, após a expulsão de Carraça aos 59 minutos, o espanhol Héctor Hernández selou a vitória dos transmontanos aos 71.  A equipa liderada por Moreno, que pôs fim a uma série de nove jogos sem vitórias, temporariamente subiu para o 17.º lugar, com 17 pontos, enquanto os ‘axadrezados’ desceram para o 10.º lugar, com 24 pontos.

Lembrar que, na presente temporada, o médio não estava a ter espaço nas escolhas de Rúben Amorim, sendo, por isso, cedido ao Chaves. Até à cedência, Dário Essugo contabilizava apenas 10 encontros: quatro na Liga Portugal Betclic (29 minutos), três na Taça de Portugal (105 minutos), dois na Taça da Liga (46 minutos) e um na Liga Europa (34 minutos).

Na temporada passada, Dário Essugo – avaliado em 2 milhões de euros – realizou 26 encontros, contabilizando um total de 1.614 minutos: 12 na Liga 3, quatro na Liga Portugal Betclic, quatro na UEFA Youth League, três na Taça da Liga, dois na Liga Europa e um na Liga dos Campeões.

Dário Essugo estreou-se pela equipa principal do Sporting na temporada 2020/21, na receção dos leões ao Vitória de Guimarães, no dia 20 de março de 2021. Numa partida que terminou com vitória verde e branca, com golo de Gonçalo Inácio, o médio entrou aos 84 minutos para render João Mário.

Confira aqui toda a qualidade de Dário Essugo:

  Comentários