DEPOIS DE GYOKERES, IORDANOV DESFAZ-SE EM ELOGIOS A RÚBEN AMORIM E COMENTA FUTURO DO SPORTING
Futebolista retirado que foi capitão no Clube de Alvalade destacou importância da estrutura leonina na conquista do campeonato
Redação Leonino
Texto
21 de Maio 2024, 16:16
Rúben Amorim, Viktor Gyokeres, Ivaylo Iordanov, Sporting

Ivaylo Iordanov, avançado retirado que alinhou por dez temporadas consecutivas em Alvalade, onde brilhou, de 1991 a 2001, concedeu uma entrevista à agência Lusa, ao longo da qual se debruçou sobre inúmeros temas. Depois de ter elogiado Viktor Gyokeres, maior goleador da Liga, o antigo jogador do Sporting virou-se para Rúben Amorim.

“Mesmo tendo chegado há quatro anos, sente o Sporting como um clube do coração”, começou por dizer Iordanov. O internacional búlgaro que não esconde o seu amor pelos leões, comentou, de seguida, o interesse que o técnico português tem suscitado junto de grandes clubes internacionais, nomeadamente na prestigiada Premier League.

“Os ‘tubarões’ da Europa querem treinadores que ganham campeonatos e são bons. Rúben Amorim é um deles. Os clubes chegam, pagam e levam, mas dependerá também da sua vontade. Pela conversa que ouvi no Marquês de Pombal [aquando dos festejos do título], percebi que ele queria continuar no Sporting”, admitiu o atleta reformado de 56 anos.

“Ambição de procurar o primeiro ‘bi’ desde 1953/54?”, disse Iordanov, em busca da justificação mais provável para a vontade de Rúben Amorim de permanecer no Sporting mais uma época, após a recente polémica – quando o treinador rumou a Londres para se encontrar com os representantes do West Ham, após garantir que não manteria conversações com emblema algum antes do final da temporada.

Depois de elogiar Amorim, o ex capitão leonino destacou a prestação de toda a equipa. “O Sporting mostrou durante toda a época que foi digno de vencer o campeonato. Eu até pensava que ia conquistá-lo mais cedo, mas conseguiu-o a duas rondas do final, e tem de estar de parabéns. É muito fácil falar agora, mas sou uma pessoa que acredita sempre e tinha a certeza de que o Sporting ia fazer uma boa época com esta estrutura”, assegurou Iordanov, que lançou ainda: “Se todos ficarem, é meio caminho andado para o sucesso”.

  Comentários