"ELE ESTAVA NO LIMITE E PERDEU QUASE TODOS OS DUELOS INDIVIDUAIS" - AMORIM EXPLICA ALTERAÇÕES NO ONZE DO SPORTING FRENTE À ATALANTA
Técnico do Clube de Alvalade explicou ausência de uma das figuras do plantel no encontro da Liga Europa
Redação Leonino
Texto
6 de Março 2024, 20:14
Viktor Gyokeres, Sporting, Atalanta, Matheus Reis, Sebastián Coates, Daniel Bragança, Liga Europa

O Sporting empatou frente à Atalanta (1-1), em Alvalade, em jogo relativo à primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Após a partida, Rúben Amorim foi questionado sobre a ausência de Viktor Gyokeres do onze inicial e explicou que o avançado sueco estava “no limite”.

“Só quem não viu o jogo com o Farense é que não viu que o Gyokeres estava no limite, perdeu quase todos os duelos individuais. Estamos a rodar toda a gente para jogar toda a gente, para que possamos estar em todas as competições”, começou por dizer o técnico.

Com Antonio Adán, Gonçalo Inácio e Pedro Gonçalves de fora por lesão, Rúben Amorim promoveu alguma rotação no onze com destaque para a ausência do avançado sueco das opções iniciais e a primeira titularidade de Koba Koindredi com a camisola verde e branca.

“Já estamos a baixar muito o ritmo desde o último jogo e, quando baixamos intensidade e ritmo – e não porque os jogadores querem, porque não estamos com capacidade de manter o nível de dinâmica – sente-se muito. Levamos a eliminatória para Itália”.

“Esperamos recuperar mais os jogadores e ter pelo menos três dias entre os jogos. Já se sentiu no jogo anterior e hoje voltou-se a sentir algumas faltas de energia. Tivemos alguma sorte hoje com as três bolas no poste, também mandámos uma, mas estamos na eliminatória.

“Para jogar melhor só precisamos de recuperar um pouco melhor. Vamos com a eliminatória viva, não há golos fora e jogamos sempre para ganhar. Está tudo em aberto”, referiu o treinador do Clube de Alvalade na flash interview.

  Comentários