EXEMPLO DENTRO E FORA DE CAMPO! CRISTIANO RONALDO EM RELATO SURPREENDENTE "ALÉM DE SER O MELHOR DO MUNDO É TAMBÉM..."
Renomado chef de cozinha espera que o formado no Sporting seja uma referência para Jannik Sinner, jovem promessa do ténis mundial
Redação Leonino
Texto
22 de Novembro 2023, 20:00
Cristiano Ronaldo Al Nassr

Davide Fiore, o chef do restaurante favorito de Cristiano Ronaldo em Turim, o Casa Fiore, partilhou lembranças do futebolista português numa entrevista à La Gazzetta Dello Sport, na qual também discutiu a presença de outros famosos tenistas no seu estabelecimento.

Para além de frequentar o estabelecimento duas vezes por semana quando jogava pela Juventus, Cristiano Ronaldo celebrou, no Casa Fiore, os seus três aniversários em Turim. Fiore relembrou uma situação peculiar ocorrida em 2020, quando Ronaldo chegou a esperar 40 minutos por uma mesa.

Num relato ao Tuttosport em 2020, Fiore contou: “Uma pessoa telefona-me para reservar uma mesa de três pessoas para o Cristiano Ronaldo, para as 21h30. Obviamente que digo logo que sim, mas depois penso: ‘E agora como é que faço?’. Eu sabia que o lugar já estava cheio, mas dado o horário, estava a contar com o facto de que uma reserva para as 19h30 terminaria a tempo das 21h30”.

“Para jogar pelo seguro, pedi uma mesa emprestada a um restaurante próximo e coloquei-a num canto. Cristiano, Georgina e o filho mais velho, Cristiano Jr., chegaram às 20 horas. E aí perguntei a mim próprio: ‘E agora?’ Os clientes ficaram sem palavras, já ninguém falava. E, acima de tudo, ninguém se queria levantar, estavam cativados pelo CR7”, prosseguiu na história.

“Então, fiz com que o Cristiano se sentasse na mesa de emergência, mas o tempo passou e ninguém se levantou. Cristiano não pestanejou e Georgina e o seu filho como ele. Nessa altura, apercebi-me que o Ronaldo, apesar de ser uma estrela mundial e o melhor jogador do mundo, é, antes de mais, um rapaz decente”, continuou.

”Posso garantir-vos que já vi pessoas muito menos famosas do que ele saírem ao fim de cinco minutos, e com arrogância, em situações destas. Ele, por outro lado, esperou pela sua mesa durante quase quarenta minutos”, concluiu o italiano.

  Comentários