FEBRE GYOKERES! CRAQUE DO SPORTING TEM SIDO FIGURA DE DESTAQUE E JÁ NEM MESMO OS RIVAIS LHE RESISTEM
Registo do camisola 9 dos verdes e brancos chega a tudo e todos, mesmo aos mais improváveis
Redação Leonino
Texto
9 de Fevereiro 2024, 11:28
Viktor Gyokeres, Sporting, Casa Pia

Desde a sua chegada a Alvalade, Viktor Gyokeres começou a forjar a sua própria história, tornando-se no jogador mais dispendioso que o Sporting alguma vez adquiriu (por 20 milhões de euros, com o valor a aumentar conforme os objetivos do jogador são alcançados). Desde então, o sueco tem sido figura de destaque no plantel leonino e uma fonte de inspiração para muitos.

Apesar da sua qualidade e veia goleadora, a influência de Gyokeres não se limita às quatro linhas. O seu peculiar e viral festejo após cada golo tornou-se uma sensação. O gesto da máscara, que já adotava no Coventry, consiste em entrelaçar as mãos no rosto, como se estivesse a usar uma máscara. Esta moda pegou de estaca. Adeptos de todas as idades, rivais, colegas de equipa, outros jogadores e até atletas de diferentes modalidades já aderiram ao festejo de Gyokeres.

No mundo do jiu-jitsu, a atleta Raquel Almeida, da Academia Red House Association de Leiria, conquistou a medalha de bronze no Campeonato da Europa, há cerca de uma semana, em Paris, e celebrou à semelhança de Gyokeres, assim como Emmanuel Eseme, especialista camaronês nos 100, 200 e 4×100 metros.

Morita fez o mesmo ao marcar pelo Japão na Taça da Ásia, assim como Taynan, na final da Taça da Liga de futsal, onde o Sporting venceu o Benfica, e até Abraham Marcus, jogador do Porto B, quando assinou o empate frente ao Leiria (1-1), na Liga 2. Nas bancadas, no jogo da prova rainha contra o Lis, como em muitos outros, foi notável ver uma criança com um adulto, provavelmente o pai, a celebrar como o sueco. Uma verdadeira fonte de inspiração.

Desde o seu primeiro jogo titular na Liga, contra o Vizela, onde marcou dois golos, deixando os adeptos ansiosos por mais, Gyokeres tem sido uma presença constante no onze inicial, acumulando minutos, adaptando-se à equipa e assimilando as ideias de Rúben Amorim. Num piscar de olhos, transformou-se num verdadeiro goleador e numa peça fundamental no Sporting.

Viktor Gyökeres, recorde-se, chegou ao Sporting no início da presente temporada, oriundo do Coventry, a troco de 20 milhões de euros, mais 4 por objetivos, sendo que os ingleses ficaram, ainda, com 15% de uma futura mais-valia (os leões podem reduzir esta percentagem para 10%).

Até ao momento, Viktor Gyökeres – avaliado em 45 milhões – leva 28 encontros realizados (2.270 minutos): 18 na Liga Portugal Betclic (1.616), cinco na Liga Europa (323), três na Taça de Portugal (177) e dois na Taça da Liga (154). Ao todo, o sueco marcou 25 golos e fez 10 assistências, sendo a grande figura da temporada até ao momento. O avançado tem contrato com o Sporting até junho de 2028 e uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

  Comentários