FEITO! JOGADOR QUE CUSTOU 9,5 MILHÕES, FEZ OS PRIMEIROS 90 MINUTOS COMPLETOS PELO SPORTING NESTA ÉPOCA
Futebolista tem tido uma temporada aquém das expectativas e não tem sido opção para Rúben Amorim
Redação Leonino
Texto
31 de Março 2024, 06:15
Paulinho, Daniel Bragança, Francisco Trincão, Sporting, Estrela da Amadora

Surpresa no onze escolhido por Rúben Amorim para a visita ao Estrela da Amadora (2-1), Jeremiah St. Juste mostrou estar em boas condições físicas para o que a equipa precisava na sempre complicada deslocação à Reboleira, acabando por jogar os 90 minutos na vitória do Sporting (2-1) sobre os tricolores, algo que já não acontecia há algum tempo.

Recentemente, o próprio defesa central tinha admitido que ainda estava a procurar, de forma gradual, estar ‘no ponto’ e tem dado passos nesse sentido: “Ainda não estou no ponto que quero, mas estou a melhorar passo a passo. Tenho feito tudo para ajudar a equipa”, revelou ‘Jer’, após ter sido escolha contra a Atalanta, a 6 de março, num jogo dos ‘oitavos’ da Liga Europa. Desde então, já viveu novos episódios.

No que diz respeito ao jogo da última sexta-feira contra o Estrela, St. Juste jogou a totalidade do encontro, algo que não tinha acontecido nesta temporada até então, já que tinha sido sempre sujeito a uma limitação de minutos por parte de Amorim.

Agora, completou os 90 minutos na Amadora e, se olharmos ao percurso do holandês nas duas épocas ao serviço dos leões, percebemos que o defesa de 27 anos não tinha jogado os 90 minutos numa partida pelo clube de Alvalade desde 5 de abril de 2023, na visita ao Gil Vicente, que terminou num empate que atrasou o clube na luta então pelo pódio da Liga.

Na verdade, ao longo de duas épocas como jogador do Sporting, e num total de 46 partidas disputadas pelo emblema de Alvalade, St. Juste completou apenas 10 jogos nessa amostra pelo Clube, o que também se deve, naturalmente, às lesões que o ex-Mainz tem enfrentado em Portugal. Desde que chegou ao Sporting, o central de 27 anos já passou por 7 períodos distintos em que foi obrigado a parar devido a lesões, tanto traumáticas como problemas musculares, mas nunca deixou de ter a confiança de Rúben Amorim.

Protegido por uma cláusula de rescisão de 45 milhões, recorde-se, ‘Jer’ tem contrato com os verdes e brancos até junho de 2026, e foi contratado ao Mainz em 2022 por 9,5 milhões de euros, numa quantia que pode chegar a 12 milhões caso atinja determinados objetivos.

Imagem de destaque
  Comentários