HÁ LIMITES PARA A BRINCADEIRA: FREDERICO VARANDAS NÃO FICA CALADO E ATACA ARBITRAGEM DOS ÚLTIMOS JOGOS DO SPORTING: "É URGENTE QUE..."
Clube de Alvalade emitiu comunicado a criticar critérios adotados pelo VAR, que resultam em prejuízo para a turma de Amorim
Redação Leonino
Texto
19 de Dezembro 2023, 17:54
Frederico Varandas, Sporting

O Sporting venceu o Porto, por 2-0, na última segunda-feira, dia 18 de dezembro. Em mais uma partida com critérios duvidosos, os leões foram prejudicados em dois lances que resultaram em dois golos anulados de forma inenarrável. Agora, o Clube de Alvalade critica o desempenho do VAR frente aos dragões e ao Vitória de Guimarães.

“O Sporting foi e continua a ser a favor do VAR, assim como da sua necessária evolução. O Clube não altera a posição nem em virtude dos erros que o afetam, nem do resultado final desportivo. O Sporting defende também que o VAR tem de melhorar”, poder ler-se em comunicado.

“A análise crítica do Sporting relativamente aos critérios de arbitragem depende da necessidade urgente da definição dos mesmos e da transparência das decisões. Não faz sentido uma semana ser adotado um critério de intervenção e na semana seguinte outro”, prossegue.

“Nos recentes jogos contra o Vitória (de Guimarães) e contra o Porto foi por demais evidente como o VAR adotou critérios opostos. Em ambos foi o Sporting que saiu prejudicado”, atiram os leões, recordando a simulação de Ricardo Mangas e os lances anulados em Alvalade.

“É urgente que, em Portugal, sejam seguidas as boas práticas de outros países, tal como preconizámos em tempo oportuno. O futebol português não pode ficar para trás. O VAR é uma ferramenta essencial para uma maior justiça e transparência das competições. Quem não defende o VAR, não defende a busca da verdade desportiva”, acrescentam.

“O Sporting apela por isso a que haja urgentemente uma uniformização e entendimento do protocolo VAR por parte dos árbitros. Ganham os árbitros, ganham os clubes, ganha a verdade desportiva. O Clube considera também que é importante que se caminhe para árbitros especialistas e exclusivos de VAR. O Sporting sabe que o atual número de árbitros não o permite fazer neste momento, mas desafia o Conselho de Arbitragem a que comece a preparar o futuro”, terminam.

  Comentários