HÁ MOTIVOS PARA SORRIR! RÚBEN AMORIM TEM 'REFORÇO' A CAMINHO E PODE AGRADECER, EM PARTE, A PEDRO GONÇALVES
Apesar da eliminação da Taça da Liga, técnico dos leões tem algumas razões para estar contente
Redação Leonino
Texto
24 de Janeiro 2024, 14:37
Rúben Amorim, Sporting

Ousmane Diomande pode estar de regresso ao Sporting mais cedo do que o esperado. Após a pesada derrota diante da Guiné Equatorial, por 4-0 e em que o central de Rúben Amorim não foi convocado, a Costa do Marfim ficou dependente de resultados dos outros grupos da CAN para saber se se classifica como um dos quatro melhores terceiros lugares.

Acontece que, na passada terça-feira, a seleção de Angola – liderada pelo antigo técnico dos juniores dos leões Pedro Gonçalves – triunfou (2-0) diante do Burkina Faso; a Mauritânia bateu a Argélia (1-0); o Senegal venceu a Guiné (2-0) e os Camarões levaram a melhor (3-2) sobre o Gâmbia.

Todos estes resultados fazem com que, à data de publicação deste artigo, a Costa do Marfim – que somou apenas três pontos no seu grupo e apresenta uma diferença de golos de menos três – esteja atrás da Guiné (quatro pontos) e da Mauritânia (três pontos, mas com uma diferença de golos de mais um). A seleção de Diomande só supera o Gana (dois pontos).

Nesta quarta-feira, 24 de janeiro, realizam-se os últimos quatro jogos da fase de grupos da Taça das Nações Africanas: África do Sul – Tunísia (17h00), Namíbia – Mali (17h00), Tanzânia – Congo (20h00) e Zâmbia – Marrocos (20h00).

Na ótica dos leões, a título de exemplo, um empate nos encontros entre a Zâmbia e Marrocos e a Namíbia e o Mali significaria a eliminação da Costa do Marfim e o consequente regresso de Diomande, o que seria, certamente, do agrado de Rúben Amorim.

Esta época, Diomande avaliado em 40 milhões de euros – leva 21 encontros realizados ao serviço do Sporting: 15 na Liga Portugal Betclic, cinco na Liga Europa e um na Taça da Liga. Ao todo, o defesa-central contabiliza 1.755 minutos, tendo marcado dois golos e feito uma assistência.

Confira aqui toda a qualidade de Ousmane Diomande:

  Comentários