HISTÓRICO DO SPORTING RENDIDO A JOGADOR DE AMORIM: “JÁ MOSTROU TER...”
Antigo atleta do Clube de Alvalade mostra apoio e admiração a craque dos leões
Redação Leonino
Texto
15 de Maio 2024, 12:01
Viktor Gyokeres, Gonçalo Inácio, Sebastián Coates, Eduardo Quaresma, Morten Hjulmand, Nuno Santos, Francisco Trincão, Pedro Gonçalves, Pote, Sporting

Morten Hjulmand Chegou ao Sporting vindo do Lecce nem faz um ano e precisou de pouco tempo para se impor e mostrar as suas qualidades dentro e fora do campo. Um autêntico líder carismático, o dinamarquês de 24 anos candidatou-se a um lugar na estrutura de capitães dos verdes e brancos, algo que não surpreende Beto Severo.

A antiga referência dos leões, que realizou 315 jogos pelo Sporting, não se encontra surpreendido com a chegada de Hjulmand à estrutura de líderes de equipa: “Está há pouco tempo no Sporting, mas já mostrou ter personalidade muito forte e carisma junto do grupo”, declarou o antigo capitão leonino, agora com 48 anos, ao jornal A Bola.

“Tem muito foco e passa isso aos companheiros. Tem uma maneira de jogar muito intensa e uma vontade de vencer enormes”, sustentou Beto e rematou: “Foi crescendo ao longo da época. Posiciona-se muito bem em campo, tarefas defensivas muito bem definidas e ofensivamente já aparece em zonas de decisão e até marcou golos”.

De acordo com o diário desportivo A Bola, a candidatura do médio defensivo já foi submetida e aceite, pelo que o ‘camisola 42’ irá integrar a armação de líderes na próxima época. Época esta marcada pelas saídas de Adán e Neto, experientes leões que faziam uso da braçadeira no braço esquerdo. Apesar de Sebastián Coates continuar a ser o primeiro na hierarquia e Gonçalo Inácio o segundo, uma vez que o uruguaio vai assinar o último ano de união aos verdes e brancos, e, o internacional português, cobiçado por diversos clubes, dificilmente ficará no Sporting, é no dinamarquês que cai a braçadeira que o perfila como capitão do futuro.

Recorde-se que no caso de Severo, foram 18 anos de leão ao peito, 10 deles na equipa principal, tendo vencido todos os títulos nacionais, e, disputou ainda, uma final europeia. Durante o seu tempo com a camisola verde e branca, mostrou-se um grande líder, fora e dentro do relvado, daí ter recebido a braçadeira do Clube ainda jovem.

Na presente temporada, ao serviço do Sporting, Morten Hjulmand – avaliado em 30 milhões de euros – leva 47 encontros: 29 no Campeonato Nacional, 10 na Liga Europa, seis na Taça de Portugal e dois na Taça da Liga. Ao todo, nos 3.374 minutos que disputou, o médio marcou quatro golos e fez quatro assistências.

  Comentários