INACREDITÁVEL! POTE DERRUBADO POR JOÃO NEVES NA GRANDE ÁREA DO BENFICA, MAS FÁBIO VERÍSSIMO NÃO ASSINALA PENÁLTI AO SPORTING (COM VÍDEO)
Lance aconteceu à passagem do oitavo minuto do encontro da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal
Redação Leonino
Texto
29 de Fevereiro 2024, 22:06
Fábio Veríssimo, Sporting, Famalicão, Braga

O jogo entre Sporting e Benfica da primeira mão da Taça de Portugal fica marcado por um lance polémico na grande área dos encarnados. Pedro Gonçalves foi derrubado por João Neves, mas o árbitro Fábio Veríssimo nada assinalou.

Aos 31 minutos, mais um lance polémico na partida. Nicolás Otamendi recebeu apenas um cartão amarelo por cortar uma jogada perigosíssima dos verdes e brancos. O argentino desarmou Viktor Gyokeres, mas depois acaba por cortar a bola com o braço e trava um potencial lance de golo para os leões, uma vez que o sueco iria seguir isolado rumo à baliza encarnada.

Apesar dos lances polémicos e numa primeira parte inteiramente dominada pelos leões, Morten Hjulmand, logo aos 10 minutos, assistiu de forma milimétrica e Pedro Gonçalves cabeceia para o primeiro no dérbi eterno, em Alvalade.

Aos 55 minutos, Geny Catamo, com um passe de trivela, encontrou Viktor Gyokeres na profundidade. O nórdico contornou Nicolás Otamendi e, com um remate de pé esquerdo, finalizou de forma exímia, não dando hipóteses ao guarda-redes Trubin. O Benfica reduziu por Aursnes.

Recorde-se que Fábio Veríssimo foi o árbitro que, na deslocação do Sporting ao reduto do Boavista, na temporada 2020/21, mostrou um amarelo a João Palhinha que, se os leões não tivessem recorrido aos tribunais, tiraria o médio do dérbi da jornada seguinte frente ao Benfica. Mais tarde, Fábio Veríssimo acabaria por reconhecer que errou.

Antes da partida Jaime Marta Soares, antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, havia deixado críticas a Fábio Veríssimo e afirmou que havia melhores opções: “Sou muito cético em relação a arbitragem portuguesa pois sinto que há uma perseguição ao Sporting. Creio que os bons árbitros em Portugal se podem contar pelos dedos de uma mão… e não incluo Fábio Veríssimo neste lote”, disse ao jornal Record.

Confira os lances:

Grande penalidade não assinalada a Pedro Gonçalves:

Falta perigosa de Nicolás Otamendi:

 

  Comentários