JORGE JESUS 'AMEAÇA' AL NASSR; CRISTIANO RONALDO PODE TER VIDA COMPLICADA
Antigo treinador do Sporting deixou ainda bicada à anterior direção do Al Hilal e revela desentendimentos com os dirigentes
Redação Leonino
Texto
12 de Maio 2024, 12:38
Jorge Jesus, Al Hilal, Cristiano Ronaldo, Al Nassr, Sporting, Benfica

O Al Hilal, de Jorge Jesus, sagrou-se, no passado sábado, dia 11 de maio, campeão nacional da Arábia Saudita, após bater o Al Hazm por 4-1. Com três jornadas para jogar o antigo treinador do Sporting tem 12 pontos de vantagem sobre o Al Nassr, de Cristiano Ronaldo.

“O meu projeto com o Al Hilal ainda não terminou. Tenho muitos objetivos a cumprir se continuar o meu trabalho com a equipa, incluindo competir pelo título da Liga dos Campeões da Ásia, e também fazer uma boa participação no Mundial de Clubes do próximo ano”, disse, após vencer o título.

Quanto a uma possível renovação contratual, JJ garantiu que  “Até à data, o assunto ainda não foi decidido. O meu advogado vem cá na próxima semana para discutir o assunto”. No entanto, é provável que prolongue a ligação e seja novamente rival direto de Cristiano Ronaldo.

“Felicito todos os adeptos e sócios do clube pela conquista deste título, que é o resultado de onze meses de esforço contínuo. É a primeira vez que ganho a Liga saudita. Regressei especificamente para conseguir este feito. O meu despedimento do Al Hilal não foi por razões técnicas. Na altura, eu estava no topo do campeonato. Não fui demitido, mas talvez expulso”, revelou.

“A administração do Al Hilal, na altura, descreveu-me como um treinador louco e, depois de ter sido expulso, o Al Hilal não conseguiu ganhar qualquer título, infelizmente, até hoje. Voltei para trabalhar com uma nova direção e sinto-me muito feliz com ela e agora estamos a obter resultados positivos”, acrescentou.

“Não podemos deixar de falar de todos os jogadores, que contribuíram diretamente para a conquista deste título de campeão. Fizemos uma grande época no campeonato. Não perdemos nenhum jogo até agora, e o Al Hilal é o mais forte no ataque e na defesa”, terminou Jorge Jesus.

  Comentários