LUÍS GODINHO: O CALCANHAR DE AQUILES LEONINO
Leões venceram apenas dois dos últimos dez encontros apitados pelo árbitro eborense
Redação Leonino
Texto
9 de Maio 2021, 10:18
summary_large_image

No dia 5 de dezembro de 2020, o Sporting CP empatou a dois golos em Famalicão, existindo várias críticas à arbitragem de Luís Godinho. Recorde-se que o árbitro alentejano esteve envolvido nos únicos desaires desta época leonina – FC Porto (2-2) e FC Famalicão (2-2) -, sendo também o primeiro árbitro a expulsar Rúben Amorim em toda a sua carreira (LER AQUI).

Frederico Varandas disse, após o empate dos leões em Famalicão, que o golo de Coates no último minuto “jamais seria anulado aos nossos rivais” (LER AQUI). Tendo em conta estas declarações, o Leonino decidiu observar as arbitragens de Luís Godinho em jogos do Sporting CP, SL Benfica e FC Porto.

Observando toda a história dos leões, o árbitro de Évora apitou os homens de verde e branco um total de 16 vezes. De todos esses encontros, a turma leonina apenas triunfou por seis vezes, tendo registado cinco derrotas, e cinco empates. Dessas cinco igualdades, duas registaram-se esta época, sendo os únicos pontos perdidos pelos leões.

O historial arbitral de Luís Godinho em partidas do FC Porto é algo diferente do dos leões. Num total de 14 partidas disputadas sob a arbitragem do alentejano, os dragões apenas perderam duas vezes, empatando uma partida, saindo vencedor dos restantes 11 encontros.

Relativamente à história que tem com o SL Benfica, a mesma é bastante positiva para os encarnados. Nas 13 partidas apitadas por Luís Godinho, as águias somam apenas um empate, justamente contra o Sporting CP. Os restantes 12 encontros da turma encarnada foram vitórias.

  Comentários