"O MEU FILHO PEDE-ME PARA FICAR": PILAR DO SPORTING FAZ REVELAÇÃO DEPOIS DE VITÓRIA EM FAMALICÃO
Comandados de Rúben Amorim são líderes isolados do campeonato, com sete pontos a mais do que o Benfica
Redação Leonino
Texto
17 de Abril 2024, 06:45
Esgaio, Nuno Santos, Diomande, Paulinho, Hju,mand, Sporting, Famalicão, Rúben Amorim

O Sporting venceu o Famalicão, por 1-0, em jogo atrasado da 20.ª jornada da Liga Portugal Betclic. No final do encontro, com o campeonato a entrar cada vez mais nos suspiros finais, Rúben Amorim foi questionado pela imprensa presente no Minho sobre o maior pedido dos adeptos: Ser campeão ou continuar no Sporting.

“As duas coisas. Até o meu filho me pede as duas coisas, mas o importante é o Sporting ser campeão. Isso é o que os adeptos querem e é para isso que lutamos”, garantiu o treinador dos verdes e brancos, vincando o objetivo para o que falta da temporada.

Vale recordar que o técnico tem sido diariamente apontado a uma mudança para a Premier League, sendo que o Liverpool é o principal candidato a bater a sua cláusula de rescisão. O nome de Amorim também já foi ligado a Chelsea, Barcelona, Bayern de Munique e Bayer Leverkusen, mas suceder a Jurgen Klopp, caso deixe o Clube de Alvalade parece, para já, a maior possibilidade para o seu futuro.

Rúben Amorim chegou ao Sporting em março de 2020, oriundo do Braga, num negócio que custou aos cofres verdes e brancos qualquer coisa como 12 milhões de euros, na totalidade. Desde então, o técnico realizou 207 encontros, sendo que saiu vitorioso de 144, empatado de 32 e derrotado de 31.

Ao comando do Sporting, Rúben Amorim conquistou quatro títulos: um Campeonato Nacional (2020/21), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021). O treinador tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão de 30 milhões para emblemas estrangeiros e 20 para clubes nacionais.

  Comentários