O QUE FALTA PARA KOVACEVIC ASSINAR COM O SPORTING? TODOS OS DETALHES DO NOVO GUARDA-REDES DE AMORIM
Guardião aterrou em Lisboa nas últimas horas e prepara-se para reunir com a estrutura verde e branca
Redação Leonino
Texto
3 de Junho 2024, 08:25
Vladan Kovacevic, Sporting

Vladan Kovacevic aterrou em Lisboa durante a noite deste domingo, dia 2 de julho, para já esta segunda-feira se apresentar na Academia Cristiano Ronaldo. De acordo com o jornal Record, os representantes do guardião Bósnio, o Raków e o Sporting encontram-se a terminar o processo de transferências.

No caso, o que falta para que o guarda-redes bósnio se torne jogador do Clube de Alvalade é muito simples: passar com distinção nos exames médicos – que serão realizados ainda hoje – e, consecutivamente, receber autorização para assinar contrato por cinco temporadas. Nessa altura, os dois emblemas irão trocar e assinar a documentação que tornará real a primeira contratação dos leões para 2024/25.

Assim sendo, o diário desportivo esclarece, ainda, que a apresentação de Kovacevic deverá ter lugar nos próximos dias, nos quais o jogador terá também a oportunidade de visitar o Estádio José Alvalade, palco que até já conhece, onde defendeu a baliza do Raków em novembro, para jogo da Liga Europa, que o Sporting acabou por vencer, por 2-1.

Vladan Kovacevic – avaliado em 7 milhões de euros – disputou 47 partidas pelo emblema que terminou no sétimo lugar do campeonato da Polónia: seis na Liga Europa (540’), oito na qualificação da Liga dos Campeões (720’), 29 no campeonato nacional polaco (2.610’), três na Pokal POL (330’) e um na Supertaça da Polónia (90’). Nos 4.290 minutos em campo, o guardião sofreu o total de 52 golos, o que dá uma médica de 1,11 tentos sofridos por encontro.

Embora lhe seja perspectivado um bom futuro, o reforço do Sporting não é internacional pelo seu país, devido a uma confusão tremenda que se instalou no ano transato. Depois de uma recusa em comparecer a uma convocatória, o atleta foi riscado e posteriormente impedido de alinhar pela Sérvia, apesar de ter dupla nacionalidade (saiba mais AQUI).

  Comentários