PONTA DE LANÇA QUE NÃO CONTAVA PARA AMORIM NO SPORTING AJUDA A TRAVAR SÉRIE VITORIOSA DE RICARDO SÁ PINTO NO CHIPRE
Avançado vendido pelos leões já leva oito golos em 15 jogos esta temporada e empatou frente à equipa do 'Coração de Leão'
Redação Leonino
Texto
4 de Janeiro 2024, 11:25
Ricardo Sá Pinto, Sporting

O APOEL, emblema orientado por Ricardo Sá Pinto, viu a sua série de quatro vitórias consecutivas interrompida, ao empatar fora com o Apollon Limassol (2-2). Pedro Marques, avançado ex-Sporting, foi titular na turma da casa e ajudou a travar a equipa do antigo jogador e técnico do Clube de Alvalade.

O Apollon chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golos do argentino Israel Coll, aos 32 minutos, e do nigeriano Will Ekpolo, quatro minutos depois. Contudo, o APOEL reagiu na segunda parte e reduziu a desvantagem logo aos 47 minutos, por Marquinhos.

O empate só surgiu aos 90+6 minutos, com um golo do georgiano Giorgi Kvilitaia. Assim, com este resultado, o APOEL continua líder destacado, com 39 pontos, mais dois do que Anorthosis. O Apollon Limassol ocupa o sétimo posto com 26 pontos.

Pedro Marques – que não entrava nas contas de Rúben Amorim – representou o Sporting de 2016 a 2022. No verão de 2022, transferiu-se para o NEC dos Países Baixos, da primeira divisão do futebol neerlandês. No último mercado de transferências, assinou pelos cipriotas do Apollon.

Já Ricardo Sá Pinto, enquanto jogador, realizou 228 jogos e marcou 49 golos pelo Sporting. Conquistou um Campeonato Nacional (2001/02), duas Taças de Portugal (1994/95 e 2001/02) e três Supertaças Cândido de Oliveira (1995, 2000 e 2002). No total, como treinador da equipa A, orientou os leões em 30 jogos, somando 15 vitórias, sete empates e oito derrotas.

  Comentários