PROCESSO DO ATAQUE A ALCOCHETE TEM SESSÃO MARCADA PARA QUINTA-FEIRA
Leitura do acórdão decorrerá no Tribunal de Monsanto
Redação Leonino
Texto
27 de Maio 2020, 15:29

A leitura do acórdão relativo ao violento ataque à Academia Sporting, em Alcochete, com 44 arguidos, incluindo o ex-presidente do clube Bruno de Carvalho, está marcada para esta quinta-feira, dia 28 de maio, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa.

Segundo o jornal O Jogo, a informação foi passada à agência LUSA pelo Tribunal de Almada, que está responsável pelo julgamento, mas que devido a razões de logística foi transferido para o Monsanto e que decorreu no dia 18 de novembro de 2019.

Sílvia Pires, presidente do conselho de juízes responsável pelo processo, agendou a sessão para a leitura do acórdão para esta quinta-feira, às 9h30, depois de vários acontecimentos. Primeiro a pandemia do Covid-19 e mais tarde o despacho de alteração não substancial de factos, tardaram a realização do acórdão.

No dia 13 de março de 2020 a juíza alterou as medidas de coação dos arguidos que ainda se encontravam em prisão domiciliária e a de Elton Camará (Aleluia), que estava em prisão preventiva. Todos os arguidos passaram a estar em liberdade, com termo de identidade e residência, apresentações semanais e proibidos de frequentarem recintos desportivos.

Recordar que o processo do ataque à Academia de Alcochete tem 44 arguidos, acusados de co-autoria de 40 crimes de ameaça agravada, de 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro. Todos estes crimes estão qualificados como terrorismo.

  Comentários