"RIDÍCULO E PATÉTICO": CONHECIDO ADEPTO DO SPORTING NÃO PERDOA ATITUDE DE ROBERTO MARTÍNEZ
Selecionador nacional deixou Pote e Trincão de fora da convocatória para o Europeu e ouviu das boas
Redação Leonino
Texto
26 de Maio 2024, 09:47
Francisco Trincão, Pote, Sporting, Pedro Gonçalves, Roberto Martínez

Pedro Gonçalves e Francisco Trincão não foram convocados para o Europeu. Apesar da grande temporada com a camisola do Sporting, Roberto Martínez fez vista grossa e ignorou a dupla de Rúben Amorim. Manuel Moura dos Santos não perdoa a atitude do selecionador nacional.

“As justificações que Roberto Martínez julgou necessárias dar sobre a convocação deste ou daquele jogador foram ridículas e simultaneamente patéticas. Os argumentos sobre a ausência dos jogadores do Sporting no último estágio da seleção, e o telefonema especial a Ricardo Horta, não têm pês nem cabeça”, começou por dizer, ao jornal O Jogo.

“Bastar-lhe ia ter dito que as escolhas feitas são aquelas que lhe dão potencialmente mais garantias de sucesso na disputa do Campeonato da Europa do próximo mês. Não era preciso dizer mais nada, até porque, em última análise, ele será sempre o responsável, quer o campeonato corra bem ou corra mal”, terminou o conhecido adepto do Sporting.

Na passada sexta-feira, o selecionador nacional também abordou o assunto: “São jogadores que trabalharam muito bem para ganhar dez jogos na fase de apuramento. O Francisco Trincão e o Pedro Gonçalves tiveram uma época superlativa, mas nunca fizeram parte da Seleção. Para entrar alguém, outro precisa de sair. É uma injustiça sem motivo. Eles estão ainda mais perto da Seleção”, referiu, sobre os craques do Sporting.

Recorde-se que, antes do arranque do Campeonato da Europa, Portugal tem três encontros amigáveis: Finlândia (4 de junho, 19h45), Croácia (8 de junho, 17h45) e República da Irlanda (11 de junho, 19h45). Na edição transata da competição, os lusos ficaram-se pelos oitavos-de-final, tendo caído aos pés da Bélgica de Roberto Martínez, por 1-0, com um golo da autoria de Thorgan Hazard.

  Comentários