ST. JUSTE REGRESSOU À TITULARIDADE PELO SPORTING E BOAS NOTÍCIAS NÃO FICAM POR AQUI
Defesa-central pode ser arma importante para Rúben Amorim atacar fase final da temporada
Redação Leonino
Texto
4 de Março 2024, 12:28
Viktor Gyokeres, Marcus Edwards, St. Juste, Pedro Gonçalves, Ricardo Esgaio, Daniel Bragança, Sporting, Farense

30 de novembro de 2023, frente à Atalanta: foi este o último jogo em que St. Juste tinha sido titular do Sporting até ao passado domingo, na receção ao Farense, em que o central neerlandês, mais de três meses depois, voltou a figurar nas escolhas iniciais de Rúben Amorim.

O atleta de 27 anos tem vivido um autêntico inferno em Alvalade, sendo regularmente afetado por lesões que impossibilitam a sua afirmação de leão ao peito. Na partida diante dos algarvios, St. Juste atuou 69 minutos, sendo substituído por Sebastián Coates, numa altura em que já tinha visto o cartão amarelo.

No final da partida, Rúben Amorim deixou rasgados elogios ao craque verde e branco, o que são boas notícias para os leões: “Gostei muito do jogo dele. Ainda não está no máximo, é impossível com tanto tempo parado. Como não é pesado, é fácil parecer que é ágil e está pronto, mas temos o limite de tempo em que temos de ter cuidado. Deixámos homem para homem e estamos tranquilos, ele consegue ir sempre buscar”.

Jeremiah St. Juste, relembre-se, foi adquirido por 9,5 milhões de euros, mais 2 milhões em variáveis, no início da temporada 2022/23, oriundo do Mainz, da Bundesliga. Desde então, o defesa central do Sporting tem estado afastado bastante parte do tempo, o que deixa os responsáveis leoninos de ‘pé atrás’. Conforme noticiou, em Exclusivo, o Leonino, a situação do jogador será avaliada até ao final da presente temporada.

Na presente temporada, St. Juste leva apenas 10 encontros – cinco no Campeonato Nacional, dois na Liga Europa, dois na Taça de Portugal e um na Taça da Liga –, contabilizando um total de 464 minutos disputados em 2023/34. St. Juste tem contrato com o Sporting até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

Imagem de destaque
  Comentários