DIRIGENTE DO SPORTING NA ERA DE BRUNO DE CARVALHO GARANTE QUE CLUBE ERA "DESORGANIZADO" E APONTA FASE MENOS BOA DE RÚBEN AMORIM
Jogo que ficou na história da carreira do técnico verde e branco não é esquecido
Redação Leonino
Texto
24 de Janeiro 2024, 16:38
Bruno de Carvalho, Sporting, Benfica

André Geraldes, antigo dirigente do Sporting na era de Bruno de Carvalho, recordou os tempos em que esteve ao serviço do Varzim, eliminando os leões da Taça de Portugal. Atualmente sem clube, depois de cessar funções nos poveiros, não esquece a vitória sobre a turma de Rúben Amorim.

“Ganhar aos clubes grandes é sempre especial, mas ganhar ao Sporting é ainda mais especial pelo meu passado no Clube. “, confidenciou André Geraldes, em declarações ao jornal O Jogo, mencionando a vitória, por 1-0, na prova rainha.

Em 2022 o Sporting foi ao terreno do Varzim disputar a 3º pré-eliminatória da Taça de Portugal e a turma orientada por Rúben Amorim perdeu e protagonizou uma derrota histórica. “Foi o maior marco desportivo do Varzim nos últimos 15 anos”, afirmou o ex-dirigente do Sporting.

Além desta eliminação perante o emblema da Liga 3, equipa na qual era diretor desportivo, André Geraldes recorda o período entre 2013 e 2018 onde defendia os interesses do Sporting – “Encontrei um Clube “desorganizado a todos os níveis”, afirmou o dirigente.

O seu primeiro cargo foi em Alvalade e ao serviço dos leões, esteve presente nas conquistas de uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e ainda uma Supertaça. Depois disso, seguiram-se as subidas de divisão de Farense e Estrela da Amadora, como maiores marcos da sua carreira.

  Comentários