"FIQUEI A PENSAR QUE NÃO PERCEBIA NADA DE FUTEBOL...": SILAS RELEMBRA PASSAGEM PELO COMANDO TÉCNICO DO SPORTING
Antigo treinador do Clube de Alvalade relembrou a sua 'travessia' pelo emblema leonino e admite que não estava preparado
Redação Leonino
Texto
28 de Março 2024, 08:31
Silas, Sporting

Silas assumiu o papel de treinador do Sporting na temporada 2019/2020, após Marcel Keiser. No entanto, o seu período no comando da equipa não durou até ao fim da época, sendo substituído por Rúben Amorim antes do final. Agora o português admite que não estava preparado para treinar um Clube como o Sporting.

Durante a sua participação no podcast ‘Já ontem era tarde’, transmitido pela SIC Notícias, Silas partilhou diversas facetas pessoais, incluindo, por exemplo, a sua paixão pelo rock, tendo admitido que, naquele momento, não se encontrava adequadamente preparado para o desafio que enfrentou por apenas cinco meses no Sporting:

“Tinha um ano e meio de treino e os próprios dirigentes do Sporting eram muito jovens no cargo. Éramos todos muito verdinhos. Olhando a esta distância, a pior coisa era não ter feito uma análise neste tempo todo e ver onde errei, para não repetir”, realçou.

Atualmente ao leme do Mafra, Silas também partilhou recordações de outras etapas da sua carreira, destacando as figuras que mais o influenciaram: “Jorge Jesus. Foi o treinador com o qual mais falei sobre futebol. “, atirou, prosseguindo:

“Aliás, cheguei a pensar para mim que não percebia nada de futebol até trabalhar com ele. Estava muito à frente do seu tempo. O Figo foi o melhor com quem joguei e Quaresma um dos mais talentosos.”, concluiu por fim o antigo treinador leonino.

Recorde-se que Silas começou a carreira de treinador na época 2017/18 no Belenenses, seguindo-se a B SAD, Sporting, Famalicão e AEL Limassol (Chipre). O técnico chegou a Alvalade a meio da temporada 2019/20. Realizou 28 jogos, tendo alcançado 17 vitórias. Saiu em março de 2020 e entrou Rúben Amorim para o seu lugar.

Imagem de destaque
  Comentários