GENY CATAMO, A NOVA PÉROLA LEONINA MOÇAMBICANA
Luís Gonçalves, selecionador de Moçambique falou sobre o jogador
João Estanislau
Texto
6 de Setembro 2020, 16:12
summary_large_image

Geny Catamo é a nova promessa leonina e a nova aposta de Rúben Amorim. O jogador moçambicano de 19 anos esteve emprestado no Amora, na época passada, tendo-de destacado na equipa dos juniores com 25 jogos e nove golos.

Luís Gonçalves, selecionador de Moçambique, indicou que o extremo leonino é um dos grandes valores do desporto rei do país:

“É um jogador que conhece bem o jogo, muito forte tecnicamente, com uma boa tomada de decisão, tem capacidade de cruzamento. Sei que ele no Sporting CP tem sido utilizado mais como extremo, mas aqui coloco-o muitas vezes em zonas interiores porque é alguém que consegue ler muito bem a partida. Além disso cumpre bem com as tarefas defensivas”, começou por dizer.

Quanto à sua personalidade, o selecionador indicou que “no balneário não é um miúdo muito expansivo, diria até algo tímido, mas dentro de campo demonstra muita atitude e confiança”.

Sobre o potencial, Luís Gonçalves, não tem dúvidas sobre o jovem, ainda que “tenha muito para aprender”.

“Estamos a olhar para uma equipa principal do Sporting CP recheada de talentos, com um treinador como o Rúben Amorim que não tem receio de apostar neles e que o faz com critério, o que obviamente será bom para ele. O Geny tem muito para aprender, é um jogador jovem, mas penso que ele tem a capacidade para dar uma boa resposta na equipa principal, e se o Rúben Amorim apostar nele, não o vai deixar mal. Não tenho qualquer dúvida que ele já merecia uma oportunidade há muito tempo”.

Por fim, um conselho: “Não se pode deslumbrar agora nesta fase e espero que, quando for chamado a ter uma oportunidade, tenha confiança para responder”.

O jovem extremo, recorde-se, foi uma surpresa na convocatória de Rúben Amorim, para o estágio que o Sporting CP realizou em Lagos, no Algarve.

 

Fotografia: Sporting CP

  Comentários