MEMÓRIA LEONINA: TRAVASSOS, O ‘ZÉ DA EUROPA’
Em 1955, o leão tornava-se o primeiro português a fazer parte da Seleção da Europa
Maria Pinto Jorge
Texto
13 de Agosto 2020, 11:20
summary_large_image

A 13 de agosto de 1955, Travassos, um dos Cinco Violinos da história do Sporting CP, tornou-se o primeiro português a ingressar e a atuar numa Seleção da Europa. Desta forma, o jogador dos leões recebeu a alcunha de ‘Zé da Europa’.

Neste mesmo dia, há 65 anos, em Belfast (Irlanda do Norte), Travassos participou no jogo comemorativo dos 75 anos da Federação Irlandesa.

Por curiosidade, no momento em que o jogador leonino recebeu a convocatória para esta partida, este já se encontrava de férias na Costa de Caparica, onde teve de voltar a treinar por conta própria, levando o jogo e a sua chamada com a maior seriedade.

Na partida em questão, em que a sua equipa venceu por 4-1 à Inglaterra, Travassos chegou mesmo a ser considerado um dos melhores em campo, depois de ter tido influência direta em dois dos golos que deram origem à vitória, o que deu origem a agradecimentos especiais por parte da UEFA à Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Depois disso, ainda em 1955, o ‘Zé da Europa’ foi galardoado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito Desportivo.

  Comentários