POLÍCIA IMPEDIU GONÇALO INÁCIO DE ATINGIR NÚMERO ESTRONDOSO PELO SPORTING, MAS CENTRAL BATE O PÉ E VAI ESCREVER NOME NA HISTÓRIA
'Camisola 25' de Rúben Amorim está pronto para chegar a marco redondo, que já ansiava há um tempo
Redação Leonino
Texto
11 de Fevereiro 2024, 09:08
Gonçalo Inácio, Sporting

Gonçalo Inácio vai cumprir, diante do Braga, o 100.º jogo pelo Sporting na Liga Portugal. Se tudo correr como esperado, o jovem central dos leões será titular frente aos minhotos, escrevendo o nome na história do Clube de Alvalade. No entanto, o reconhecimento vem ‘atrasado’, uma vez que já devia ter chegado a este número redondo diante do Famalicão, mas foi impedido pela Polícia.

As forças de segurança destacadas para a visita do Sporting ao terreno dos famalicenses alegaram motivos de saúde e não compareceram ao duelo, fazendo com que os verdes e brancos caíssem uma posição na tabela, ficando com um jogo a menos do que os rivais.

Gonçalo Inácio, recorde-se, renovou contrato com os leões no passado mês de agosto. O novo vínculo, que tem duração até junho de 2027, serviu para defender os verdes e brancos de uma eventual perda do central, que passou a contar com uma cláusula de rescisão maior (era de 45 milhões).

Esta temporada, Gonçalo Inácio, jovem central dos leões – avaliado em 40 milhões de euros – regista 30 jogos (2.274 minutos) pelo Sporting, tendo feito o gosto ao pé em três ocasiões – frente ao Vitória de Guimarães e um bis diante do Sturm Graz, na Liga Europa. Para já não soma assistências, mas é peça fundamental da turma de Amorim, tanto na manobra defensiva, como na construção e distribuição de jogo.

O Sporting volta a entrar em campo diante do Braga, depois do inglório embate da final four da Taça da Liga, em que os leões saíram derrotados, mesmo dominando a totalidade da partida. O jogo do campeonato tem pontapé de saída agendado para as 18h00 de domingo, dia 11 de fevereiro, no Estádio José Alvalade.

  Comentários