“SE SURGIR A OPÇÃO DE IR PARA O OUTRO CLUBE, QUE SEJA PARA MELHOR”
Em entrevista à rádio uruguaia Del Sol, o capitão leonino falou sobre as várias possibilidades para o seu futuro
Redação Leonino
Texto
15 de Abril 2020, 11:15

Sebastián Coates, capitão da equipa principal de futebol do Sporting CP, deu uma entrevista à radio uruguaia Del Sol, para o programa ‘Locos por el fútbol’, na qual revelou alguns detalhes sobre o seu futuro profissional, começando por transmitir o seu desejo de regressar ao Nacional de Montevideu, emblema pelo qual se formou e estreou enquanto sénior.

“Desde que fui [para a Europa] sempre tive a ideia de voltar ao Nacional, mas há fatores que não dependem só do jogador. Também depende do treinador e da Direção do clube, se quer contar contigo ou não”, sublinhou, falando, depois, do Clube de Alvalade.

“Tenho contrato até 2023 com o Sporting CP, teria 32 anos, perto de fazer 33 e depende de muitos fatores. A minha ideia é terminar aí, também porque os meus filhos não me viram jogar no Nacional. Para se cumprir, há elementos que têm de estar alinhados. Mas se me perguntarem, sim, quero voltar ao Nacional”, admitiu.

Coates foi, também, confrontado com os rumores relativos ao interesse da Lazio no jogador, ao que prontamente respondeu desconhecer qualquer movimentação por parte dos italianos.

“Creio que muitas vezes saem notícias na imprensa que nós nem sabemos, mas nem o clube nem o meu representante falaram comigo. Pode até ser verdade, há sempre muita coisa atrás dos jogadores. Aliás, os jogadores são os últimos a serem informados”, comentou.

Em modo de conclusão, o capitão leonino fez questão de demonstrar como se sente bem com a Listada verde e branca e em Portugal. “Jogo sempre desde que cheguei. Portugal é muito semelhante ao Uruguai, as pessoas são muito calorosas e o clima também. O futebol é muito bom por nos dar a possibilidade de conhecer vários sítios, de percorrer várias cidades, mas se surgir a opção de ir para o outro clube, que seja para melhor”, terminou.

  Comentários