SÉRGIO CONCEIÇÃO DEFENDE-SE DE ACUSAÇÕES DE AGRESSÃO UTILIZANDO SPORTING E BENFICA
Treinador do Porto lamenta panorama espanhol e afirma nunca ter tido problemas nos jogos dos filhos contra rivais portugueses
Redação Leonino
Texto
26 de Março 2024, 20:24
Sérgio Conceição, Porto

Sérgio Conceição, treinador do Porto, falou esta terça feira, 26 de março, acerca da polémica em que se viu envolvido no jogo do filho em Espanha. Para desmentir as acusações de agressão de que foi alvo, o portista deu o exemplo das situações que viveu em Portugal, tanto no Sporting como no Benfica, onde afirma nunca ter tido problemas do género.

“É muito triste. Sempre acompanhei os meus filhos nos seus percursos, tive dois deles a jogarem em clubes rivais do Porto e fui sempre muito respeitado quando ia ver jogos ao Seixal ou a Alcochete. Nunca tive problemas nas academias do Benfica e do Sporting“, declarou Sérgio Conceição.

A situação que levou a confusão deu-se no passado domingo, 24 de março, na final da Taça Gañafote, de Huelva, entre o Porto e o Sevilha. Depois da disputa para o torneio internacional de infantis, a que Conceição assistia para ver jogar o seu filho José, o presidente da câmara de Cartaya, Manuel Barroso, acusou o treinador portista de agressão:

“Ele foi direto ao árbitro e agrediu-o, todos os que estavam no estádio viram isso, o árbitro também denunciou o caso. Para além disso, o comportamento dele é condenável, o máximo responsável de uma equipa como o FC Porto insultou a polícia e todos os que estavam ali”.

Sérgio Conceição quebrou o silêncio acerca da situação esta terça feira, contestando as acusações do espanhol, que classifica como “falsas e mentirosas”. Procedeu a explicar a sua versão dos factos: “Passaram a imagem de que eu entrei para contestar alguma coisa, o que não é verdade.

“Aquilo acabou (…), o árbitro pegou no material, veio tranquilamente para o balneário e foi quando o abordei, de forma tranquila, até a rir-me com outros pais, para lhe dizer que poderia ter marcado um penálti e tornado a final mais emocionante”.

Imagem de destaque
  Comentários