“SPORTINGUISTAS REBENTARAM DE ALEGRIA”
Acerca do título conquistado em 1999/2000, Marco Almeida confessa que é difícil explicar por palavras aquilo que sentiu. Exclusivo Leonino
Redação Leonino
Texto
8 de Junho 2020, 12:37

Acerca do título conquistado em 1999/2000, Marco Almeida confessa que é difícil explicar por palavras aquilo que sentiu. “Foi uma loucura. Os Sportinguistas rebentaram de alegria. A viagem do Porto para Lisboa, a chegada ao Estádio… é algo que não dá para descrever. Só mesmo vivendo. Transmitir por palavras aquilo que senti é algo complicado”.

Sobre a partida que deu o título ao Sporting CP – vitória frente ao Salgueiros por 4-0, com golos de André Cruz (2), Kwame Ayew e Aldo Duscher –, o central relembra que “antes do jogo, lembro-me de pensar que estávamos muito perto de alcançar o objetivo que traçámos desde o início da temporada e de dignificar o símbolo do Sporting CP. Foi algo incrível”.

Por fim, para lá desses “momentos que ficarão para sempre guardados na minha memória”, Marco Almeida fez questão de lembrar a importância do apoio dos seus colegas de equipa, “como por exemplo o Oceano, o Pedro Barbosa ou o Pedro Martins” para a sua carreira.

  Comentários