VITÓRIA CONVINCENTE NA EUROPA
Leões bateram com facilidade o Istanbul Başakşehir, por 3-1
Rodrigo Soares Fernandes
Texto
20 de Fevereiro 2020, 20:04
summary_large_image

Entrada de leão por parte do Sporting CP, que logo na sua primeira oportunidade de golo se adiantou no marcador. Sebastián Coates marcou na sequência de uma marcação de canto, na qual a defensiva do Istanbul Başakşehir pareceu muito passiva e o central uruguaio apareceu solto de marcação.

O golo fez bem aos leões que menos de dois minutos depois podiam ter marcado novamente. Wendel roubou a bola no meio campo e levou-a até à área, onde serviu Šporar que cruzou a bola e Bolasie e Vietto deixaram a bola um para o outro e o lance acabou por não dar em nada. Logo no ataque seguinte, foi Šporar quem podia ter marcado após cruzamento de Jovane, mas a bola foi ao lado.

O jogo entrou numa fase mais calma, mas as oportunidades seguintes voltaram a ser dos leões, Bolasie isolou Jovane que frente ao guarda-redes turco permitiu defesa para canto. Na sequência do mesmo Battaglia quase marcava no ressalto, mas Mert Gunok impediu o 2-0.

Aos 18 minutos, Jovane tentou novamente fazer o gosto ao pé, mas a bola foi por cima da baliza sem qualquer perigo. Do lado aposto Visca e Júnior Caiçara combinaram bem do lado direito do seu ataque, mas o cruzamento do brasileiro foi muito largo e não levou perigo à baliza de Maxiamiano. Na resposta Vietto rematou bem, mas Gunok impediu novamente o golo.

Aos 26 minutos, Šporar enviou uma bola ao poste após grande passe de Vietto e na recarga Jovane finalmente marcou, mas Anthony Taylor, por indicação do seu fiscal invalidou o golo por fora de jogo do ponta de lança esloveno. Três minutos depois foi Bolasie a rematar à baliza, mas a bola foi ao lado. Na resposta os turcos tiveram a sua melhor oportunidade de golo depois de um cruzamento de Visca, mas Ristovski enviou a bola para canto.

Com o passar do tempo os turcos foram subindo no terreno, ainda que sem criar perigo. Ao minuto 40 até foi o Sporting CP que esteve perto do golo novamente, com Acuña a fazer um grande passe para Šporar, que conseguiu passar por um defesa, mas um segundo cortou a bola na sequência deste movimento.

O esloveno estava a prometer o golo e finalmente estreou-se a marcar de leão ao peito. Ao minuto 44 o ponta de lança leonino fez o 2-0 após cruzamento de Ristovski.

Intervalo com 2-0 no marcador, onde os leões foram reis e senhores durante grande parte do encontro e a vantagem até peca por escassa.

Na segunda parte foram precisos esperar apenas seis minutos para o 3-0 do Sporting CP. Foi Luciano Vietto quem conseguiu fazer o gosto ao pé. Jovane roubou a bola, Bolasie conduziu-a e deu ao argentino já dentro da área, que conseguiu bater pela terceira vez Gunok.

Ao minuto 59, Maximiano finalmente foi chamado a intervir, após remate de Visca que respondeu da melhor maneira a um cruzamento de Kahveci, numa grande defesa do jovem guarda-redes leonino.

A equipa turca estava com mais bola, mas mais uma vez não conseguia por à prova Luís Maxíamiano, com a excepção do remate de Visca ao minuto 59. Os jogadores de Silas estavam sempre muito concentrados e a tentar sair em ataques rápidos, ainda que sem o perigo da primeira parte.

Ao minuto 75 Neto faz falta sobre Demba Ba dentro da grande área e Anthony Taylor não teve dúvidas em assinalar grande penalidade. Visca, chamado a bater, colocou a bola no fundo das redes, mandando a bola ao centro da baliza, enquanto ‘Max’ atirou-se para a direita.

A verdade é que o golo acordou os jogadores com o leão rampante ao peito e que passaram a ter muito mais bola, mas raramente conseguiam criar perigo. Bolasie com uma grande arrancada onde correu quase meio campo enviou a bola à barra à passagem do minuto 84. Já na compensação foi a vez de Plata bater em velocidade Clichy, mas depois Vietto demorou muito a rematar e apenas conseguiu ganhar um canto. Plata ainda testou mais uma vez Gunok, mas o guardião internacional turco evitou o golo.

Os 27.392 leões presentes no Estádio José Alvalade viram um dos melhores jogos da temporada da equipa de Silas e onde o triunfo por 3-1 apenas peca por a vantagem ser de apenas dois golos para o jogo na Turquia de hoje a uma semana.

  Comentários