INÉDITO! RÚBEN AMORIM TOMA DECISÃO CURIOSA QUANTO A PEÇA FUNDAMENTAL DO SPORTING QUE O LEVA A PERDER ESTATUTO
Treinador do Clube de Alvalade irá protagonizar alterações no próximo embate da turma verde e branca
Redação Leonino
Texto
20 de Janeiro 2024, 11:01
Rúben Amorim, Sporting

Franco Israel vai ser o guarda-redes titular no embate frente ao Sporting de Braga, relativo às meias-finais da Taça da Liga. Um dado interessante e que contraria a história recente, isto porque, Adán era detentor de um estatuto entre os postes em toda a era Amorim.

Em todas as fases finais da competição mencionada, o camisola 1 dos leões foi sempre titular (nas três meias e finais), onde o Sporting venceu duas destas (Braga e Benfica) e perdeu uma, para o Porto, na temporada transata. Com a titularidade de Franco Israel, este vem protagonizar uma nova tendência.

Apesar de não querer facilitar e não estando descontente com o guarda-redes leonino, Rúben Amorim deverá apostar em Franco Israel para substituir o Campeão leonino, deixando mesmo o veterano do plantel no banco de suplentes.

Importa recordar que, na primeira temporada ao serviço da turma de Amorim, Adán participou em 37 partidas. Na segunda, defendeu a baliza por 45 vezes e, na época 2022/23, esteve presente em 46 jogos. Na atual temporada, liderou as redes leoninas em 22 ocasiões. No total, soma agora 150 jogos.

No Sporting desde 2020/21, o atleta renovou contrato com os leões na época que se seguiu, altura pela qual ficou com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. No vínculo atual, tem uma alínea de renovação automática, caso atinja um determinado número de jogos.

Recorde-se que o ‘camisola 1’ dos leões já conquistou um campeonato na Liga Portuguesa, duas Taças da Liga e uma Supertaça. Na presente temporada, o espanhol continua a dar cartas pela turma leonina e é uma peça-chave para o técnico Rúben Amorim.

  Comentários