JOGADORES DO SPORTING ANSIOSOS PELO REGRESSO DO CAMPEONATO
Sebastián Coates e Luciano Vietto falaram sobre o regresso do campeonato nacional, ainda que à porta fechada
Redação Leonino
Texto
28 de Maio 2020, 13:04

O central uruguaio, em declarações ao podcast NBA Patologicamente, revelou ser uma sensação nova jogar à porta fechada e sem adeptos nas bancadas. O defesa leonino chegou a recordar tempos da formação: “Nunca joguei assim como profissional. Nas camadas jovens tínhamos 150 pessoas nos estádios e estava lá a nossa família, mas agora será diferente. Há microfones em todo o estádio que, sem o som ambiente, vão registar tudo. Vão ouvir-nos dizer mal dos árbitros e a dizer alguns palavrões”.

Além disto, Coates afirmou ter sido difícil estar tanto tempo sem treinar, devido ao perdido de confinamento. “Passar um mês na passadeira é muito mau para nós. Perdemos massa muscular e os tendões ressentem-se. Fui operado ao joelho em 2014 e comecei a sentir dores por correr na passadeira. Felizmente voltei ao relvado e tudo mudou. Vamos sofrer durante dois meses”, antevê o capitão verde e branco.

Já Luciano Vietto afirmou que no reino do leão só há uma palavra de ordem: confiança. O extremo argentino, em declarações ao Jornal Sporting, disse que a equipa está preparada para o regresso à competição: “Falta um detalhe ou outro por acertar. Mas a cada dia que passa assimilamos mais a ideia e seguramente vamos estar preparados para o regresso da Liga. Acho que a sensação vai ser de alegria. Vai ser um pouco estranho porque nunca estivemos tanto tempo sem competir”.

Relativamente ao período de confinamento, “foi muito duro e chocante não poder sair de casa, estar fechado, sem poder jogar. Foi complicado, aborrecido, mas temos de cumprir a nossa obrigação, enquanto cidadãos”, afirmou o extremo que chegou esta temporada a Alvalade.

O primeiro jogo dos leões no regresso do campeonato vai ser frente ao Vitória SC e está marcado para o dia 4 de junho, às 21h15, no Estádio D. Afonso Henriques.

  Comentários