LEÕES PEDEM MAIS "ATENÇÃO" AO VAR
Lance que originou a lesão de Nuno Mendes volta a ser tema de conversa, desta vez para Miguel Braga, que pede que este seja "mais justo e mais transparente"
Maria Pinto Jorge
Texto
8 de Abril 2021, 16:45
summary_large_image

Na edição desta semana do Jornal Sporting, que foi lançada esta quinta-feira (8 de abril), Miguel Braga, diretor de comunicação do Clube, volta a falar do lance que deu origem à lesão de Nuno Mendes, em Moreira de Cónegos, com o pedido de que se olhe “para a ferramenta do VAR com atenção”, para que o possamos tornar “mais justo e mais transparente”.

“A última partida ficou marcada pela entrada sem sanção que Nuno Mendes sofreu (acabou por sair lesionado do jogo e, segundo o departamento médico do Sporting, foi um verdadeiro milagre o jogador ter escapado a uma lesão grave) e por dois golos anulados ao Sporting CP, um dos quais invalidado por um fora-de-jogo por dois centímetros”, referiu, no editorial do jornal leonino.

“Depois de em dezembro passado o Sporting ter iniciado e liderado a discussão pública sobre a possibilidade de serem públicas as comunicações entre árbitro e VAR, agora é a vez de voltarmos a pedir que se olhe para a ferramenta do VAR com atenção: a ideia não é criticar, mas sim construir um futuro e um VAR melhor, mais justo e mais transparente”.

Para terminar, deixou uma palavra para o que resta da Liga NOS: “Faltam nove jornadas para o fim da Liga NOS. E a receita é a mesma: trabalho, compromisso, humildade e garra de leão. Sempre juntos, até porque ‘Onde Vai Um, Vão Todos’”.

  Comentários