Corner Left

Receba, em primeira mão, as principais notícias do Leonino no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

LUZ VERDE NA ESTREIA DE AMORIM

Andraž Šporar e Luciano Vietto apontaram os golos da vitória do Sporting CP, por 2-0, frente ao Desportivo das Aves

Leonino - Onde o Sporting é notícia
Leonino - Onde o Sporting é notícia

  |

Icon Comentário0

O Sporting CP recebeu e venceu o Desportivo das Aves, por 2-0. Apesar de ter ficado a jogar com mais dois jogadores desde os 20 minutos, os leões só inauguraram o marcador no segundo tempo. Andraž Šporar, aos 62 minutos, e Luciano Vietto, aos 65, apontaram os golos do triunfo verde e branco. Com este triunfo – o quinto consecutivo no Estádio José de Alvalade – o conjunto de Rúben Amorim soma agora 42 pontos e ocupa o quarto lugar da Liga NOS.


Homenagem às leoas, Dolores Aveiro, Maria José Valério e Cantinho do Morais


Ainda antes do apito inicial, fruto do Dia Internacional da Mulher, houve tempo para uma homenagem às leoas verdes e brancas. Logo de seguida, uma pequena mensagem de melhoras a Dolores Aveiro que, recentemente, sofreu um AVC. Todavia, estava para vir um momento de alguma fricção entre os adeptos presentes no Estádio José de Alvalade. Quando Maria José Valério subiu ao relvado, foi assobiada por todo o estádio porque teceu rasgados elogios a Frederico Varandas. Perante a vaia de que foi alvo, a cantora não se rogou e afirmou “podem assobiar à vontade”.


Agressividade avense valeu duas expulsões nos primeiros 20 minutos

Indo ao que realmente interessa, ou seja, ao futebol jogado, Rúben Amorim, na estreia, manteve-se fiel às suas ideias e optou por um 3-4-3. Tiago Ilori, pela direita, Sebastián Coates, no meio, e Jérémy Mathieu, pela esquerda, formavam a defesa verde e branca. No entanto, no momento defensivo, o Sporting CP atuava com uma linha de quatro homens, com Mathieu a descair para a lateral esquerda e Stefan Ristovski a cobrir o corredor direito. Para a frente, Wendel e Battaglia pisavam zonas centrais do terreno. Luciano Vietto, à direito, Andraž Šporar, no meio, e Gonzalo Plata, pela esquerda, eram as setas apontadas à baliza do Desportivo das Aves.


O jogo começou com os comandados de Amorim a pressionarem alto e a terem mais bola, mas a não serem capazes de ferir os avenses. A bola circulava rápido, com Vietto e Plata, por dentro, a tentarem destabilizar as marcações da turma de Nuno Manta Santos. Contudo, aos dez minutos, Rúben Macedo entrou de sola sobre Wendel. Num primeiro momento, Manuel Oliveira optou por mostrar apenas o cartão amarelo ao extremo português, mas, depois de ter sido chamado à atenção pelo VAR, exibiu o cartão vermelho ao avense. Decisão correta da equipa de arbitragem. Luiz Fernando, por protestos, viu o cartão amarelo, que viria a sair-lhe bem caro pouco depois.

Porém, mesmo com menos um homem, a primeira grande ocasião de golo foi para o Desportivo das Aves. Aos 15 minutos, num lançamento em profundidade, Luís Maximiano, na tentativa de cobrir o espaço nas costas da defensiva leonina, falhou por completo o corte e a bola sobrou para Mato Milos, que rematou frouxo. Porém, a vida da equipa nortenha haveria de ficar ainda pior. Aos 20 minutos, Luiz Fernando travou um contra-ataque do Sporting CP e viu o segundo cartão amarelo e o respetivo vermelho. Novamente, decisão correta da equipa de arbitragem. Aos 25 minutos, decisão controversa de Rúben Amorim. Numa clara tentativa de atribuir mais poder de fogo ao ataque, o treinador leonino optou por retirar Stefan Ristovski do jogo e lançou Jovane Cabral. No momento da saída, o macedónio pareceu não compreender a substituição e foi direto para o balneário.

Com apenas nove elementos, o Desportivo das Aves recuou, ainda mais, as linhas e encurtou o espaço à turma de Alvalade. Em abono da verdade, deve dizer-se que os leões, mesmo com superioridade numérica, não estavam a ser capazes de criar qualquer situação de perigo. Naturalmente, perante uma exibição pouco ou nada conseguida, os adeptos manifestaram a sua insatisfação e os jogadores pareceram, em alguns momentos, afetados com os assobios e cânticos vindos das bancadas. Porém, até ao intervalo, o Sporting CP dispôs de duas excelentes oportunidades para marcar. Primeiro, Andraž Šporar, que, após um ressalto, tirou um homem do caminho, mas, já dentro da grande área, rematou por cima. Logo de seguida, numa jogada coletiva bastante bem conseguida, Vietto, de longe, atirou com estrondo ao poste da baliza defendida por Quentin Beunardeau. Apesar destes dois lances de perigo, ao intervalo, o nulo prevalecia. Os rapazes de verde e branco tinham mais bola (73%) e mais remates (11 contra 2), mas tardavam em adiantar-se no marcador.

Sporar e Vietto trouxeram a tão desejada tranquilidade

Ao intervalo, certamente nada satisfeito com a prestação dos seus jogadores, Rúben Amorim voltou a mexer na equipa e lançou Francisco Geraldes para o lugar de Jérémy Mathieu. Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, Jovane Cabral rematou forte, mas Beunardeau respondeu com uma boa defesa. Não obstante esta situação, o Sporting CP continuava com grandes dificuldades em penetrar na defesa avense e a solução mais frequente acabavam por ser cruzamentos ou remates de fora da área.

Depois de muita insistência, os leões conseguiram (finalmente!) chegar ao golo. Aos 62 minutos, Wendel, no corredor esquerdo, cruzou com conta, peso e medida para Andraž Šporar, que, com um cabeceamento certeiro, fez o 1-0. Foi o terceiro golo do avançado esloveno com o leão rampante ao peito.

https://twitter.com/vsports_pt/status/1236731085209440258

Logo de seguida, aos 65 minutos, o Sporting CP voltou a marcar. No flanco esquerdo, Jovane Cabral cruzou, mas Afonso Figueiredo cortou a tentativa do extremo leonino com a mão e Manuel Oliveira não teve grandes dúvidas em assinalar grande penalidade. Na conversão, Luciano Vietto não facilitou e fez o 2-0. Foi o oitavo golo do argentino com a listada verde e branca.

https://twitter.com/vsports_pt/status/1236732089548095491

Até ao final, os leões limitaram-se a gerir o ritmo da partida e, apesar de terem disposto de algumas ocasiões para chegar ao 3-0, mas o marcador não voltou a mexer até ao apito final do árbitro.

Desta feita, e perante 26.272 leões e leoas nas bancadas, o Sporting CP venceu o Desportivo das Aves por 2-0 e voltou aos triunfos – o quinto consecutivo no Estádio José de Alvalade. Com esta vitória, os rapazes de verde continuam no quarto lugar da Liga NOS, com 42 pontos, e aproveitam os deslizes de Rio Ave e Famalicão, com 38 e 37 pontos, respetivamente.

Na próxima jornada, os comandados de Rúben Amorim deslocam-se até ao terreno do Vitória de Guimarães. A partida realiza-se dia 14 de março (sábado), pelas 20h30.


Futebol

HÁ QUEM DIGA QUE SPORTING PODE VIR A "ESTENDER PROPOSTA" POR AVANÇADO... E NÃO É IOANNIDIS

Clube de Alvalade continua à procura de reforçar a sua frente de ataque para a próxima temporada

Rúben Amorim tem Ioannidis como alvo prioritário, mas nome de Mateo Cassierra voltou à tona
Rúben Amorim tem Ioannidis como alvo prioritário, mas nome de Mateo Cassierra voltou à tona

  |

Icon Comentário0

Apesar de ter sido desmentido o interesse do Sporting em Mateo Cassierra, a imprensa russa está avançar que os responsáveis verde e brancos pretendem mesmo fazer uma proposta pelo jogador do Zenit, de modo a garantir a sua contratação para a equipa de Rúben Amorim em 2024/25.


De acordo com as mais recentes informações, uma eventual saída de Viktor Gyokeres pode vir a "financiar" a transferência do jogador colombiano, isto apesar de o jornal Record já ter referido que o nome avançado não entra na shortlist dos verdes e brancos para a frente de ataque.


Ainda assim, a mesma fonte revela que o Zenit não está disponível a deixar sair Cassierra por menos de 20 milhões de euros. O avançado está na Rússia há quatro temporadas, rumando ao Sochi, em 2021/22, proveniente da B SAD. Em Portugal, Cassierra marcou 15 golos, chegando a gelar o Estádio José Alvalade, na temporada 2020/21. O ponta de lança marcou dois golos, no empate (2-2) diante dos leões, sendo que a turma de Rúben Amorim esteve a perder por 2-0, até Sebastián Coates (83') e Jovane Cabral (90+6') restabelecerem a igualdade.


Na temporada de 2023/24, Mateo Cassierra - atualmente avaliado em 11 milhões de euros - fez a melhor época da carreira. Ao serviço do emblema de São Petersburgo, o jogador fez o gosto ao pé por 24 vezes, contribuindo ainda com sete assistências, ao longo de 37 jogos, nos quais disputou 2.721 minutos.


O grande alvo para o ataque continua a ser Fotis Ioannidis, que tem dado grandes 'dores de cabeça' à SAD leonina. No caso, notícias recentes revelam que o Sporting voltou a levar uma nega por parte do Panathinaikos, depois de nova proposta de 20 milhões de euros mais bónus, mas que não pretende desistir da contratação do jogador, apesar de já andarem no mercado à procura de novos alvos.

Confira a publicação:


Futebol

OFICIAL: VILLAS-BOAS APRESENTA REFORÇO PARA O PORTO, MAS QUEM GANHA GRANDE FATIA... É O SPORTING

Negócio dos dragões ainda vai valer encaixe ao Clube de Alvalade neste defeso

Porto de André Villas-Boas apresentou Domingos Andrade, antigo capitão da equipa de sub-23 do Sporting
Porto de André Villas-Boas apresentou Domingos Andrade, antigo capitão da equipa de sub-23 do Sporting

  |

Icon Comentário0

Domingos Andrade, antigo capitão da equipa de sub-23 do Sporting, assinou como reforço do Porto, nesta quinta-feira, dia 18 de julho, tal como oficializado pelos dragões através dos seus meios oficiais. Apesar de os contornos do negócio entre o emblema da Invicta e o Felgueiras ainda não terem sido divulgados, também o Sporting ganhou com esta transferência.


A verdade é que, aquando da saída do médio angolano para o Felgueiras, os leões salvaguardaram 50% do passe do jogador e, por isso, tal acrescentará um encaixe aos cofres do Clube de Alvalade, graças ao tamanho da 'fatia' que pertence ao emblema liderado por Frederico Varandas.


Enquanto isso, aguardam-se novidades sobre os detalhes da transferência pela parte do clube dirigido por André Villas-Boas, para se poder designar qual a parte que acabará por calhar ao Sporting graças a este negócio. Enquanto isso, o jogador já teceu as primeiras palavras, sendo que irá representar a equipa B dos dragões: "Sinto-me muito orgulhoso. É um prazer e uma honra representar um clube enorme como o Porto. É um sentimento de alegria. Ao Porto nunca se diz não. O Porto é um clube enorme e toda a gente quer fazer parte desta família. Foi fácil escolher o Porto".


Ao longo da temporada 2023/24, Domingos Andrade - que chegou ao país pela porta do Sporting - acabou por disputar 27 partidas pelo Felgueiras, emblema recém promovido à 2.ª Liga, nos quais apontou dois golos. Antes disso, ainda chegou a realizar dois jogos pelo Clube de Alvalade.

Domingos Andrade, atualmente avaliado em 300 mil eurosdespediu-se dos leões após duas épocas em Alvalade, naquela que foi a sua primeira experiência em Portugal. No total, o jovem fez um jogo pela equipa B, uma partida pelos juniores e disputou 48 encontros pelos sub-23, com direito a cinco golos.



Futebol

ACORDOS SECRETOS ENTRE BENFICA E AVES

Segundo o jornal Público revela este sábado, encarnados e avenses têm “negócios duvidosos, contratos com adendas leoninas, relações de subalternidade”, sempre altamente favoráveis ao SL Benfica

Leonino - Onde o Sporting é notícia
Leonino - Onde o Sporting é notícia

  |

Icon Comentário0

Segundo revela o jornal Público na edição deste sábado, 6 de junho, encarnados e avenses, para lá de terem acordado “contratos de transferência de jogadores, vantajosos para os encarnados”, têm “uma conta corrente oficiosa, tendo o CD Aves chegado a dever 2 milhões de euros em direitos económicos de passes de jogadores. A conta corrente entre as duas SAD ainda se mantém, agora com um saldo desfavorável para os avenses de 786,5 mil euros”. A relação entre o SL Benfica e o CD Aves pode incorrer numa violação dos regulamentos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e da própria FIFA.


O Público relata que a relação entre o SL Benfica e o CD Aves sempre foi boa, mas, desde que os chineses da Galaxy Believers compraram 90% da SAD e Luís Duque se tornou conselheiro importante do Clube da Vila das Aves, os laços ficaram ainda mais estreitos.


Suspeitas quanto a Luquinhas


Luquinhas, Carlos Ponck, Hamdou, Derley, Ricardo Mangas, Bruno Lourenço, André Ferreira, Salvador Agra, Cristian Arango e Mato Milos foram alguns dos jogadores que atuaram no CD Aves cedidos pelo SL Benfica, seja a título definitivo ou por empréstimo. Contudo, o caso de Luquinhas merece particular atenção do Público.

O brasileiro, atualmente no Legia Warszawa, foi contratado pelo SL Benfica ao Vilafranquense a 28 de junho de 2017, tendo assinado um contrato com os encarnados até 2021. Contudo, apenas após um mês desse negócio, o clube da cidade de Lisboa cedeu os direitos desportivos do atleta ao CD Aves, a título definitivo e livre de quaisquer ónus e encargos. Os encarnados ficaram ainda com 50% de uma futura transferência.


No entanto, o SL Benfica colocou ainda no contrato a chamada cláusula anti rivais, ou seja, caso Luquinhas fosse negociado com Sporting CP ou FC Porto, o CD Aves, para lá dos 50% que teria de pagar aos encarnados, teria de pagar 5 milhões ao SL Benfica. O eterno rival dos leões tinha também direito de preferência sobre Luquinhas. Caso o CD Aves não cumprisse esta adenda, teria de pagar mais 5 milhões de euros ao SL Benfica.

Todavia, os encarnados foram ainda mais longe e reservaram-se no direito de, até 31 de maio de 2021, puderem readquiri a totalidade do passe do jogador por apenas 100 mil euros. Nessa mesma cláusula, ficou ainda acordado que o jogador estava obrigado a assinar um contrato com o SL Benfica válido por quatro temporadas e que a remuneração seria a mesma que o CD Aves pagava ao jogador, ou seja, 36 mil euros.

Ora, de acordo com os especialistas ouvidos pelo Público, todas estas cláusulas são, no mínimo, duvidosas e podem incorrer numa clara violação dos regulamentos da LPFP, da FIFA e da própria lei portuguesa.

Em 2019, Luquinhas acabou por se transferir para o Legia Warszawa, que pagou 450 mil euros por metade do passe, tendo esse mesmo valor sido cedido ao SL Benfica visto que a dívida dos avenses aos encarnados continuava a crescer. Quanto ao negócio com os polacos, o SL Benfica continuou a ficar com 50% de uma futura transferência. Porém, as restantes cláusulas deixaram de ter efeito.

Por fim, o Público avança que este tipo de operações terão estado na origem da operação policial Mala Ciao. Segundo o jornal, quando, a 25 de junho de 2018, a Polícia Judiciaria realizou buscas nas SADs do SL Benfica, CD Aves, Vitória FC e Paços de Ferreira, o objetivo seria recolher provas que comprovassem a violação do regulamento de competições da LPFP. Assim, o Ministério Público “acredita na existência de um esquema criminoso, liderado pelo Benfica e tendo como principal aliado o CD Aves”.


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


NEM TUDO É MAU: SPORTING PODE DESPACHAR 'PESO MORTO' DE AMORIM COM OPÇÃO DE COMPRA À MISTURA
Futebol

NEM TUDO É MAU: SPORTING PODE DESPACHAR 'PESO MORTO' DE AMORIM COM OPÇÃO DE COMPRA À MISTURA

 

Icon Comentário0
AVANÇADO FORÇA SAÍDA PARA O PSG E SPORTING MANTÉM-SE ATENTO ÀS CONSEQUÊNCIAS PARA A TURMA DE AMORIM
Futebol

AVANÇADO FORÇA SAÍDA PARA O PSG E SPORTING MANTÉM-SE ATENTO ÀS CONSEQUÊNCIAS PARA A TURMA DE AMORIM

 

Icon Comentário0
FORA OS MILHÕES, SPORTING TENTOU ADOÇAR A BOCA DO PANATHINAIKOS POR IOANNIDIS COM...
Futebol

FORA OS MILHÕES, SPORTING TENTOU ADOÇAR A BOCA DO PANATHINAIKOS POR IOANNIDIS COM...

 

Icon Comentário0