NOVIDADES SOBRE LESÃO DE GENY CATAMO: DEFESA DO SPORTING VAI MESMO...
Internacional moçambicano tem estado entre a espada e a parede devido a problemas musculares
Redação Leonino
Texto
7 de Junho 2024, 13:20
Geny Catamo, Sporting, Porto

Geny Catamo, defesa do Sporting, tem estado em dúvida nos últimos dias de treino da seleção moçambicana devido a problemas musculares na coxa da perna esquerda. Contudo, o internacional será, ainda assim, opção para o encontro dos Mambas frente à Somália, esta sexta-feira, dia 7 de junho. Foi Chiquinho Conde, selecionador, quem assegurou a presença do leão no relvado.

Com base na ‘Folha de Maputo’, na conferência de antevisão ao duelo entre Moçambique e Somália, no que diz respeito à terceira jornada do grupo G da qualificação africana para o Mundial 2026, Chiquinho Conde garantiu que o atleta do Sporting estará pronto para participar no combate, sendo uma das opções entre os convocados.

É importante salientar que na terça-feira, Geny Catamo falhou mesmo a sessão de treino dos Mambas, e, na quarta-feira trabalhou condicionado. Porém, esta quinta-feira já terá integrado o treino da seleção principal de Moçambique de forma integrada. O duelo com a Somália tem pontapé de partida agendado para as 14h00 no Estádio Nacional do Zimpeto. Na próxima segunda-feira, a seleção de Catamo vai ainda enfrentar a Guiné.

Em 2023/24, Geny Catamoavaliado em 10 milhões de euros – leva 41 jogos ao serviço do Sporting. Ao longo dos 2.401 minutos em que esteve dentro das quatro linhas, o extremo marcou seis golos e realizou cinco assistências. Apesar de ter ‘oferecido’ a vantagem aos dragões, aproveitada por Evanilson, o jogador foi o grande herói dos verdes e brancos frente ao Benfica, ao bisar e arrecadas três pontos importantes para as contas do título.

O jogador de 23 anos estreou-se pelo Sporting diante do Portimonense, a 29 de dezembro de 2021 – num encontro que terminou com vitória leonina, por 3-2. Desde então, já esteve a empréstimo dos leões no Guimarães e no Marítimo. O internacional por Moçambique tem contrato em Alvalade até junho de 2028.

  Comentários