“ESTAMOS PREPARADOS PARA O JOGO DE AMANHÔ
Emanuel Ferro e Luís Neto fizeram a antevisão do jogo diante do Aberdeen FC
João Estanislau
Texto
23 de Setembro 2020, 20:07
summary_large_image

Emanuel Ferro vai orientar a equipa amanhã, na ausência de Rúben Amorim que está a cumprir quarentena obrigatória após ter testado positivo à Covid-19. Os leões vão disputar o primeiro jogo da época a contar para a 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa. O Aberdeen FC já tem mais ritmo competitivo, mas o treinador-adjunto dos leões considera a equipa preparada:

“Uma pré-época é um excelente momento para criação de nuances, fazer a integração de novos jogadores. Sentimo-nos hoje melhor preparados do que algumas semanas e estamos, hoje, preparados para o jogo de amanhã”, contudo, afirma o técnico português que sobre o Covid-19 “ninguém está preparado para este tipo de circunstância. A sociedade tem de viver e perceber que pode acontecer”, mas que “a resposta de toda a estrutura foi a melhor”.

Sobre Rúben Amorim, o técnico afirma que não foi bom, mas que foi minimizado graças às tecnologias disponíveis.

“Não tivemos presente o líder da equipa técnica, mas as nossas tecnologias permitiram minimizar isso. O Rúben [Amorim] esteve sempre “presente” naquilo que era a preparação da equipa”.

Já sobre a preparação dos jogadores após tantos casos de Covid-19, Emanuel Ferro deixou elogios ao departamento médico dos leões:

“O dia a dia das equipas de futebol é gerir individualmente cada jogador. A sucessão de vários jogadores infetados a acontecerem em dias diferentes, seguidos, ainda por cima de algo que não conseguimos controlar, é algo que não é habitual. Contudo, com a liderança do departamento médico, com as normas da DGS, fomos conseguindo percebendo aquilo que era necessário e estamos preparados”.

Por fim, sobre o adversário, Ferro informa que espera uma equipa escocesa que venha para tentar passar à próxima fase, mas que a preparação que foi feita, vai permitir fazerem um bom resultado:

“O Aberdeen FC vem à procura de um resultado para conseguir passar e eles sabem que podem esperar o mesmo. Esperamos um adversário que se possa apresentar de várias maneiras. É uma equipa que beneficia de uma estabilidade ao nível técnico, de vários anos e consegue assumir alguma diversidade com base em algumas circunstâncias. Contudo, queremos impor o nosso jogo. O trabalho que fizemos para a preparação específica, vai dar-nos a oportunidade de fazermos um bom jogo amanhã e obter o melhor resultado”.

Também Luís Neto comentou o jogo de amanhã, mas não sem antes deixar elogios à estrutura verde e branca pela resposta que deram ao surto que assolou a equipa.

“Acho que o clube respondeu muito bem. Qualquer clube podia ter passado por esta pandemia como passamos. Preferíamos que não tivesse acontecido, mas como grupo, a mensagem que se passou foi respeitar e tratar dos protocolos. Não queríamos correr nenhum risco. Foi uma semana anormal, não estava previsto este estágio, mas o grupo fechou-se e percebeu que o compromisso estava de tudo”.

Reforçando que o Clube verde e branco “tem uma estrutura forte”, o defesa internacional português admitiu que o Sporting CP “reagiu rápido, tratou de todos caso a caso e percebeu o que tinha que fazer para parar a transmissão”.

Sobre o jogo, Luís Neto informa que “amanhã só temos 90 minutos para deixar tudo em campo e não deixar nada por fazer, porque depois do jogo, não vale a pena lamentar”, principalmente porque “jogamos em casa, não com os nossos adeptos, mas jogamos em casa. Queremos claramente ganhar ao Aberdeen FC”.

O jogador finalizou afirmando que “amanhã, estamos 25 prontos para ir a jogo”.

Fotografia de Sporting CP

  Comentários