EX SPORTING, JOÃO PALHINHA, FAZ REVELAÇÃO: “SE NÃO METER O PÉ...”
Médio aproveita conferência para abordar tema polémico dos últimos dias que levou à substituição do jogador do Al Nassr
Redação Leonino
Texto
4 de Junho 2024, 13:20
João Palhinha, Sporting, Manchester United

Em conferência de imprensa, João Palhinha, jogador formado no Sporting, admitiu que gerir a condição física depois de uma temporada rígida não é tarefa fácil, no entanto, por outro lado, também garantiu que ninguém vai deixar de “meter o pé” nos três jogos de preparação que a Seleção Nacional vai enfrentar até ao início da fase final do Euro 2024.

Após uma época ao serviço do Fulham e com cerca de 39 jogos acumulados, João Palhinha afirmou que o selecionador nacional Roberto Martínez tem isso em conta e tem demonstrado preocupação de gerir a disponibilidade física de cada atleta em específico.

“Já falei sobre esse tema, como a quantidade e o excesso de jogos torna difícil de gerir. Nesse caso, penso que o míster geriu bem. Ainda tive oito dias de descanso depois de acabar o campeonato em Inglaterra. Deu para estar com a família e descansar. Se é suficiente ou não, não sei, mas o míster Martínez soube dar esse espaço à maior parte dos jogadores. Esta mentalidade ajuda-nos a chegar mais frescos ao Europeu”, destacou o jogador formado no Sporting.

A lesão de Otávio, na final da Taça da Arábia Saudita, tem sido um tema que tem dado o que falar, e, nesse sentido, a situação pode ser um exemplo que pode vir a inibir os jogadores de colocar o pé em lances mais perigosos. Contudo, João Palhinha garantiu que, assim que se ouve o apito inicial, ninguém pensa nisso: “Eu meto o pé sempre. Se não meter o pé, não sou eu. Tanto eu como os meus colegas, apesar de serem jogos amigáveis, ninguém vai estar a pensar nas consequências que uma entrada mais dura possa ter. Começando o jogo, fica tudo para trás”.

O primeiro teste para o Euro 2024 está marcado já para esta terça-feira, traduzido por um confronto frente à Finlândia, no Estádio de Alvalade, apenas com dois treinos de preparação. “Apesar deste curto tempo e a maior parte dos jogadores só terem chegado ontem, houve um grupo seis ou sete que começaram mais cedo, além disso, a maior parte do grupo fez a qualificação e já sabe como jogamos. Acho que a malta vai dar uma excelente resposta”.

  Comentários