NANI? ATLETA DO SPORTING LEMBRA ‘DURA’ DO ANTIGO CAPITÃO DOS LEÕES: “SE PUDESSE METER-ME NUM BURACO…”
Jogador dos verdes e brancos falou também sobre a cobrança de livres e grandes penalidades nos verdes e brancos, metendo-se com Nuno Santos
Redação Leonino
Texto
14 de Fevereiro 2024, 08:24
Nani, Sporting

Daniel Bragança esteve no podcast do Sporting – ADN de Leão – e lembrou um momento curioso que viveu com Nani, quando o mesmo era capitão dos verdes e brancos. O médio dos leões, que esteve na Pavilhão João Rocha a assistir à tremenda vitória europeia da turma de Ricardo Costa, abordou também a cobrança de livres e grandes penalidades no plantel de Rúben Amorim, ‘metendo-se’ com Nuno Santos.

“Estava com o Luís Maximiano a ver vídeos no YouTube a rir quando ouvimos bater na parede. Não ligámos e depois ouvimos um estouro na porta onde apareceu o Nani com uma cara. Levei uma dura de Nani e se pudesse meter-me num buraco…”, lembrou Daniel Bragança.

O médio do Sporting falou, ainda, sobre a cobrança de livres e grandes penalidades: “O Nuno Santos é um fominha que quer sempre bater os livres e os penáltis. Já o Pote, se lhe disser que estou confiante, deixa-me marcar”.

Esta temporada, Daniel Bragança – avaliado em 5 milhões de euros – leva 27 encontros (1.036 minutos): 15 na Liga Portugal Betclic (379), cinco na Liga Europa (260, quatro na Taça de Portugal (249) e três na Taça da Liga (148). Ao todo, o médio do Sporting marcou quatro golos (Olivais e Moscavide, Estrela da Amadora, Tondela e Braga) e fez duas assistências (Tondela, por duas vezes).

Ao serviço da equipa principal do Sporting, Daniel Bragança contabiliza 88 encontros, seis golos, quatro assistências e conquistou um Campeonato Nacional (2020/21) e duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22). O médio tem contrato com os leões até junho de 2027 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Lembrar que, na pré-época de 2022, num amigável diante do Estoril, Daniel Bragança sofreu uma lesão grave no joelho – entorse traumática com lesão do ligamento cruzado anterior – que o afastou da competição durante mais de um ano. Voltou esta temporada e desde então tem sido opção regular entre os eleitos de Rúben Amorim.

Imagem de destaque
  Comentários