DEVE SER PARA RIR! PUPILO DE CONCEIÇÃO ARMA-SE AO PINGARELHO: "SOMOS MELHORES DO QUE O SPORTING"
Jogador do Porto não tem dúvidas e diz que emblema azul e branco vai provar superioridade nos próximos Clássicos
Redação Leonino
Texto
21 de Abril 2024, 20:57
Rúben Amorim, Sporting, Sérgio Conceição, Porto

O Porto, de Sérgio Conceição, venceu, este domingo, dia 21 de abril, o Casa Pia (2-1), em Rio Maior, num jogo em que os dragões tiveram de suar para derrotar a formação lisboeta. No final da partida, Nico González, médio dos azuis e brancos, diz estar feliz com a vitória e refere que os dragões são melhores do que o Sporting.

“Era um jogo importantíssimo. Merecemos esta vitória. Na primeira parte fomos muito superiores e merecíamos ir com um resultado mais amplo no marcador. Chegámos com facilidade à área adversária, mas eles também deram uma boa resposta”, começou por dizer.

“Faltou-nos um pouco de sorte, alguma consistência em alguns jogos e também fomos prejudicados em algumas decisões. Não está a ser a temporada que merecíamos, pelo trabalho que fizemos, mas ainda faltam alguns jogos e um título importante para disputar”, continuou.

“Próximos Clássicos com o Sporting? São dois jogos totalmente diferentes. Somos melhores do que qualquer equipa. Somos melhores do que o Sporting e no próximo domingo, no Dragão, vamos demonstrá-lo”, concluiu Nico González.

De referir que nesta mesma partida, o golo de honra dos casapianos foi marcado por Nuno Moreira, jogador que passou pelo Sporting entre os anos de 2007 e 2021, antes de rumar ao Vizela. Apesar de nunca se ter estreado pela equipa principal dos leões, o português fez mais de 100 jogos pelos escalões de formação dos verdes e brancos, tendo marcado 24 golos e conquistado o título de campeão de juniores (2016/17).

Esta temporada, Nuno Moreiraavaliado em 800 mil euros – realizou 19 encontros pelo Vizela. O jovem atacante transferiu-se para o emblema lisboeta no último mercado de janeiro. Ao todo, pelo novo clube, o médio contabiliza 11 jogos, com um golo e uma assistência,

  Comentários