PEPE VOLTOU AOS VELHOS TEMPOS E AGREDIU COATES (VÍDEO)
Nuno Almeida e João Pinheiro nada viram. Em 2009, com um adversário estendido no relvado, central do Porto pontapeou barbaramente um colega de profissão
Redação Leonino
Texto
12 de Setembro 2021, 11:06
summary_large_image

O clássico entre Sporting e Porto, que terminou empatado a uma bola (VEJA AQUI OS GOLOS), foi bastante polémico. Um dos casos de maior destaque (Saiba mais AQUI e AQUI) aconteceu entre Pepe e Sebastián Coates.

Aos 32 minutos, na cobrança de um pontapé de canto favorável aos leões, Coates preparava-se para atacar a bola, mas foi ‘impedido’ pelo defesa-central do Porto. O jogador azul e branco cerrou os dentes e decidiu, com um murro no queixo, agredir o capitão leonino.

Coates ficou, desde logo, caído no relvado, mas Pepe não se mostrou preocupado, ‘gozando’ com o jogador leonino. No meio de tudo isto, Nuno Almeida (árbitro) e João Pinheiro (VAR) nada disseram sobre este lance.

Recorde-se que, em 2009, na receção do Real Madrid ao Getafe, Pepe pontapeou barbaramente um colega de profissão. A vítima foi Javi Casquero. De resto, em 2019, o espanhol revelou que o agora jogador do Porto ainda não lhe pediu desculpa pelo sucedido.

Reveja a bárbara agressão de Pepe em 2009:

  Comentários