Corner Left

Receba, em primeira mão, as principais notícias do Leonino no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Hóquei em patins

DE SAÍDA, TREINADOR DO SPORTING DÁ ENTREVISTA EMOTIVA E ADMITE: “TOMEI A DECISÃO E…”

Técnico estará de partida do Clube de Alvalade, mas não esconde gratidão imensa pelo título conquistado e pela forma como foi acolhido no emblema leonino

  |

Icon Comentário0
Alejandro Domínguez abandonará o comando da equipa de hóquei em patins do Sporting no final da época. O técnico argentino – que será substituído por Edo Bosch, atual líder da Oliveirense, emblema que os leões derrotaram na final da Liga dos Campeões (2-1) – concedeu uma entrevista ao ‘Record’, ao longo da qual se debruçou sobre diversos temas.

“Perdi os jantares, almoços, saídas, mas com o que vivi no domingo [conquista do título europeu]… posso dizer que tenho bastante sorte”, confessou Domínguez, que se havia já mostrado grato pelo primeiro lugar na competição internacional que contou com uma final-four inteiramente portuguesa - Sporting, Porto, Barcelos e Oliveirense.


Alejandro Domínguez prosseguiu nas declarações ao jornal desportivo: “Tomei a decisão [de sair] e no mesmo dia disse que a equipa tinha de saber. Eles entenderam e vamos tentar usar isto como um catalisador”, afirmou o internacional, cuja partida do Sporting se deve a questões pessoais – a mulher luta contra uma doença grave.


Mesmo no meio de tudo isto, Alejandro não esquece a forma como foi acolhido no Sporting. “Ninguém tem tanta paciência para com um treinador que tem uma equipa de elite. Esta é uma formação que foi feita para ganhar. Foram investidos muitos recursos para que este grupo ganhe. Se tens um treinador que tem problemas pessoais e que tem de ausentar-se periodicamente, se fosse noutro clube… [estala os dedos e aponta para a saída]. Aqui não. Trataram-me de uma maneira que vou sempre agradecer”, avançou o técnico argentino.

“Nunca me vou esquecer deste troféu [Liga dos Campeões]. Pelo duro que foi consegui-lo, pelo contexto a nível pessoal e por causa da forma como me trataram. Eu sou uma pessoa muito emocional e senti que este título tem um valor especial”, assumiu Alejandro Domínguez.


“Sou um sportinguista, amo este clube. Deram-me muito, amaram-me tanto e protegeram-me. Não posso ter outro sentimento pelo clube que não o de amor”, continuou ainda o técnico que tantas alegrias deu ao Sporting. Quando questionado sobre se gostaria de regressar, um dia, ao comando dos verdes e brancos, retorquiu: “Ficaria encantado”, terminou.

Sporting ganhou ao Tomar (3-2) com golo no último segundo. Confira o lance:

Modalidades

“NÃO POSSO FALAR, NÃO QUERO SER CASTIGADO”: NOVO TREINADOR DO SPORTING COMENTA JOGO COM O BENFICA

Futuro técnico do emblema verde e branco sofre derrota pesada diante dos encarnados

  |

Icon Comentário0

Na última quinta-feira, dia 13 de junho, a equipa de hóquei em patins da Oliveirense, de Edo Bosch – futuro treinador do Sporting –, perdeu frente ao Benfica, por 6-1, na ‘negra’ e fica de fora da final play-off do campeonato nacional de hóquei em patins (3-2). Neste sentido, em conferência de imprensa, o técnico espanhol refletiu sobre o desfecho da formação de Oliveira de Azeméis.

“Em primeiro lugar, quero dar os parabéns ao Benfica. Sobre o jogo não posso falar, porque não quero ser castigado. Vou falar de uma equipa que trabalhou muito, que prometi que chegaria às decisões. Isso aconteceu e só porque é uma equipa que quer muito, que trabalha muito e hoje, para mim, que tenho 40 anos disto, não foi respeitada”, começou por dizer em declarações aos meios de comunicação.


“Fora isso, agradeço ao clube que me deu tudo durante este ano, o que pedi e mais do que isso. Aos adeptos, que pouco a pouco fomos conquistando. Ver o Pavilhão Dr. Salvador Machado cheio é a melhor imagem que levo deste ano. Agradeço aos jogadores que acreditaram em mim. Obrigado do fundo do coração”, prosseguiu.


Já garantido que Edo Bosch será o próximo treinador de hóquei em patins do Sporting, o treinador aproveitou para deixar algumas palavras à equipa que foi a sua casa na última temporada: “sim, hoje foi o meu último jogo com a camisola da Oliveirense. Deixo homens aqui que muito demostraram que gostam de hóquei e suam a camisola e merecem todo o meu respeito. Podem contar comigo para o que precisarem”.

Edo Bosch, que já vai na quarta época como treinador principal, conta já uma Taça Continental no currículo, conquistada em 2022/23, ao serviço do Valongo, derrotando o Trissino, de Itália, na final, por 2-1. Antes de pendurar os patins, o ex-hoquista venceu uma Taça de Espanha, uma Taça Europeia, sete Taças de Portugal, nove Supertaças e 11 Campeonatos Nacionais.



Modalidades

ESTRELA DO SPORTING CUMPRIU ÚLTIMO JOGO FRENTE AO PORTO E VAI ASSINAR PELO BARCELONA

Craque de 27 anos marcou aos dragões no jogo de despedida e está de partida rumo ao campeonato espanhol

  |

Icon Comentário0
Ferran Font cumpriu o último jogo pela equipa de hóquei em patins do Sporting frente ao Porto. O espanhol, que marcou os terceiro e quinto golos dos leões, está de saída de Alvalade e vai abandonar o emblema verde e branco rumo ao Barcelona. Os leões perderam diante dos azuis e brancos nas grandes penalidades (2-0), depois de uma igualdade 5-5 no tempo regulamentar, esta quarta-feira, dia 12 de junho, no Clássico marcado pelo jogo de despedida do avançado de 27 anos.

No total, com a Listada verde e branca, Ferran Font contabilizou, no total, 244 golos. em 291 partidas pelos leões. Esta temporada, o 'camisola 9' do Clube de Alvalade somou 35 tentos apontados, em 42 jogos disputados pela turma verde e branca. Venceu dois Campeonatos, três Ligas dos Campeões e duas Taças Continentais


O 'desgaste' na ligação com o técnico de 53 anos pesou na decisão de o jogador querer abandonar Alvalade, bem como o desejo em querer alinhar pelo Barcelona, seu clube do coração. O jogador é natural de Vic, cidade na Catalunha, tendo jogado várias temporadas no clube com o mesmo nome.

Para colmatar a saída do hoquista, Roc Pujadas, avançado do Porto, que não tem tido muitos minutos pelos azuis e brancos, vai ser o substituto. De resto, o técnico argentino é admirador do atleta e tentou, inclusive, levar o jogador para o Benfica na altura em que treinou o clube da Luz.


Depois da conquista da Liga dos Campeões, os verdes e brancos procuravam vencer a Liga portuguesa pela décima vez na sua história, competição que o Clube de Alvalade não conquista desde 2020/21, sob orientação de Paulo Freitas.


Modalidades

SAÍDA CONFIRMADA! TREINADOR DESPEDE-SE DO SPORTING: "O QUE VIVI NESTE CLUBE FOI ÚNICO"

Técnico cumpriu último encontro no comando técnico dos verdes e brancos e agradece ao Clube

  |

Icon Comentário0

A equipa de hóquei em patins do Sporting perdeu frente ao Porto nas grandes penalidades (2-0), depois de uma igualdade 5-5 no tempo regulamentar, esta quarta-feira, dia 12 de junho, no quinto e último jogo das meias-finais.  Alejandro Domínguez cumpriu o último jogo no comando técnico.

“A única palavra que me ocorre e disse aos jogadores, porque não me quero emocionar é obrigado, ‘gracias’. Tenho 53 anos estive em muitos lugares, como jogador e treinador e é muito especial. O que vivi aqui é único, único na energia, no tratamento que recebi por parte do Clube, dos dirigentes do Clube em todo este processo de dois anos e não tenho palavras para agradecer a maneira como me trataram pessoalmente e profissionalmente", começou por dizer.


"Os jogadores são uma família, uma família, mesmo nas decisões em que se sentiram injustiçados, questionaram-me com uma maturidade e uma positividade fora do normal, colocando sempre o Sporting à frente. Foram dois anos de que nunca me vou esquecer na vida e vou voltar muitas vezes, porque sinto o Sporting como minha casa, como um lugar que quero muito e ao qual quero voltar muitas vezes, porque quero muito bem ao Clube”.


"Sinto-me muito orgulhoso desta equipa, em dois anos jogámos uma final da Taça de Portugal que perdemos da maneira que perdemos, fomos à final do Campeonato da época passada que perdemos como perdemos, ganhámos a Liga dos Campeões e hoje caímos na meia-final contra uma grande equipa.

"Há que felicitar o Porto, que em sua casa foi em alguns momentos demolidor, difícil de conter. Fizeram um bom jogo, mas não quero terminar sem dizer que todos os nossos adeptos, todos os Sportinguistas, olhem com carinho para esta equipa, que é um ‘milagre’ é uma grande equipa, um grande grupo e este ano fez um grande ano”, referiu em conferência de imprensa.



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
6-1! PRÓXIMO TREINADOR DO SPORTING GOLEADO PELO BENFICA
Modalidades

6-1! PRÓXIMO TREINADOR DO SPORTING GOLEADO PELO BENFICA

 

Icon Comentário0
SAÍDA CONFIRMADA! TREINADOR DESPEDE-SE DO SPORTING: "O QUE VIVI NESTE CLUBE FOI ÚNICO"
Modalidades

SAÍDA CONFIRMADA! TREINADOR DESPEDE-SE DO SPORTING: "O QUE VIVI NESTE CLUBE FOI ÚNICO"

 

Icon Comentário0
ACABOU O SONHO! SPORTING PERDE FRENTE AO PORTO NAS GRANDES PENALIDADES E DIZ ADEUS AO TÍTULO
Modalidades

ACABOU O SONHO! SPORTING PERDE FRENTE AO PORTO NAS GRANDES PENALIDADES E DIZ ADEUS AO TÍTULO

 

Icon Comentário0