LEONINO QUER TODA A GENTE A AJUDAR FUNDAÇÃO SPORTING
O Leonino colocou no ar campanha “Ganhar por 0,5% é ganhar”, recomendando que as pessoas doem 0,5% do seu IRS à Fundação Sporting. O trabalho foi desenvolvido pela agência Carmen do YoungNetwork Group
Redação Leonino
Texto
17 de Abril 2020, 12:38
summary_large_image

O Leonino, jornal online onde o Sporting é notícia, lançou hoje uma campanha para apoiar a Fundação Sporting. Sob o mote “Ganhar por 0,5% é ganhar”, a intenção é recomendar os Sportinguistas e a todos os portugueses que doem 0,5% do seu IRS à Fundação do clube verde e branco.

A estrela da campanha são os Sportinguistas, representados pelo Leão que sai da banda do cartoon para dar vida ao anúncio.

Sugere o Leão que “doe 0,5% do seu IRS à Fundação Sporting, sem qualquer custo para si, e apoie quem mais precisa. Na solidariedade, basta 0,5% para ganhar. Porque 0,5% do seu IRS pode ser doado à Fundação Sporting, sem qualquer custo para si”.

O símbolo Sportinguista quer toda a gente a ganhar: “Assim, ganhamos todos. Ganha o Leonino porque recomenda. Ganha a Fundação Sporting porque apoia. Ganham centenas de pessoas porque são ajudadas. E ganha quem doa 0,5% do seu IRS à Fundação Sporting, sem qualquer custo”.

O Rei da Selva ensina como: “Basta ir ao quadro 11 do Modelo 3 e assinalar com uma cruz (x) a opção ‘Instituições particulares de solidariedade social ou pessoas coletivas de utilidade pública’. À frente, coloque o número de contribuinte da Fundação Sporting – 513 462 554 – e selecione a opção IRS ou IVA. Apoie a nossa Fundação Sporting, com os seus 0,5%. Tudo ajuda a ganhar”.

A campanha desenvolvida pela Carmen, agência criativa do YoungNetwork Group, que no passado recente ganhou em menos de três anos 40 prémios criativos para o Sporting Clube de Portugal, vai estar, para já, presente no site www.leonino.pt, que se tem vindo a afirmar como referência para os Sportinguistas, alcançando num curto espaço de tempo mais de 10 mil visualizações diárias, conta com uma equipa de jornalistas e fotógrafos dedicada, assim como um alargado naipe de colunistas, que vão desde Carlos Vieira a Fernando Tavares Pereira, de José Diogo Leitão a Gonçalo Fernandes, de Rita Garcia Pereira a Pedro Figueiredo, entre outros.

  Comentários