"FOI O MOMENTO CHAVE DA ÉPOCA": MANUEL MOURA DOS SANTOS APONTA TRUNFO DO SPORTING
Conhecido adepto dos leões fez balanço da temporada e não esqueceu duelo especial dos verdes e brancos
Redação Leonino
Texto
9 de Junho 2024, 13:53
manuel moura dos santos, sporting, viktor Gyokeres

Manuel Moura dos Santos acredita que o título de campeão nacional era o grande objetivo do Sporting esta temporada. O conhecido adepto dos leões fez um balanço da época e aponta a vitória do dérbi diante do Benfica, no Estádio José Alvalade, como o “momento-chave” dos leões.

“Nesta competição, o Sporting foi sem dúvida nenhuma a equipa mais consistente, e a que melhor futebol exibiu. Esta era a competição chave que tínhamos de vencer, não só porque era fundamental conquistar este título com a regularidade que um clube como o Sporting exige, mas também porque a Liga dos Campeões da próxima época só dava acesso direto ao campeão”, começou por dizer, no jornal O Jogo.

“O jogo com o Benfica em Alvalade foi o momento-chave da época. A vitória abriu a porta de forma muito consistente para a conquista do título. A vitória no jogo em atraso com o Famalicão confirmou-o. A conquista deste título aproxima o Sporting dos seus rivais, e coloca-o numa situação desportiva mais próxima da sua grandeza”, acrescentou.

O conhecido adepto dos leões abordou ainda a campanha na Liga Europa: “Integrado no Grupo D desta competição, o Sporting teve na Atalanta a ‘besta negra’ da época, com dois empates e duas derrotas. Em abono do meu clube, o facto de os italianos terem ganho esta competição, reduzindo o campeão alemão à vulgaridade (3-0), no jogo da final. Antes disso, deram um tratamento de choque ao Liverpool e Olympique de Marselha, respetivamente”.

“O Sporting ficou em 2.º no grupo, tendo acesso aos play-off, onde ultrapassou o Young Boys da Suíça com alguma naturalidade. Seguiu-se o novamente a Atalanta nos oitavos de final. Os dois jogos da fase de grupos deviam ter servido, no mínimo, para o Sporting perceber a equipa italiana e a melhor forma de a levar de vencida. Um empate em casa (1-1), e uma derrota fora (2-1), ditaram a eliminação da competição”, terminou.

  Comentários